28 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 17:14-21; Atos 21:15-25; Salmo 53; Provérbios 13:7-12; Levítico 25.  

Versículo Especial“Da soberba só resulta a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria” (Provérbios 13:10).  

Pensamento BíblicoA Tolice de Negar Deus (Salmo 53:1). É uma maneira insensata e de visão curta de encarar a vida, negar a evidência da existência de Deus. Tal filosofia conduz a uma vida vazia na terra, e à miséria eterna da separação do bom e santo Deus de todos. Temos que nos lembrar, contudo, de que os ateus não são os únicos que negam a Deus. Quando vivemos egoistamente, despreocupados com nossa responsabilidade perante Deus, somos igualmente insensatos e de vista curta. Precisamos viver como pessoas que verdadeiramente acreditam que Deus é real.  

Ação: Dê cada passo hoje, como se Deus o estivesse observando. Ele está!  

27 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 17:1-13; Atos 21:1-14; Salmo 52; Provérbios 13:1-6; Levítico 23-24.  

Versículo Especial: “Então, eles, levantando os olhos, a ninguém viram, senão Jesus” (Mateus 17:8).  

Pensamento BíblicoEles Viram Jesus Sozinho (Mateus 17:1-9). Pedro, Tiago e João gozaram de um privilégio, aqui, que haveria de ter emocionado muitos judeus do seu tempo. Eles, na verdade, conseguiram sentar-se aos pés de Moisés, o grande doador da Lei, e de Elias, o profeta. Pedro, provavelmente, pretendeu honrar Jesus pondo seu tabernáculo bem junto das tendas destes heróis do Velho Testamento, mas Deus pretendia outra mensagem. Moisés desapareceu. Elias desapareceu. Jesus permaneceu.  “Ouça-o”.  

Ação: Ouça reverentemente as palavras de Jesus. Obedeça-o.  

26 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 16:21-28; Atos 20:17-38; Salmo 51; Provérbios 12:23-28; Levítico 21-22.  

Versículo EspecialO justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos perversos os faz errar” (Provérbios 12:26).  

Pensamento BíblicoA Interferência de Pedro  (Mateus 16:21-23). Este incidente é um contraste claro com a parte precedente, que estudamos ontem. Aqui, Pedro se torna uma tentação para Jesus, porque ele não entende a necessidade da morte de Cristo. Note o claro contraste entre os versículos 23 e 17. Desta vez, Pedro não cogitava “das coisas de Deus, e sim, das dos homens.”  Ele não estava seguindo a vontade de Deus, mas procurando o rumo que fazia sentido para ele, do ponto de vista humano. Sempre que exaltamos o raciocínio humano acima da revelação divina, nos pomos em direção a uma colisão com o desastre espiritual. Quando o raciocínio humano comanda, nós erramos!  

Ação: Teste suas crenças, palavras e ações. Siga as coisas de Deus.

25 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 16:13-20; Atos 20:1-16; Salmo 50; Provérbios 12:17-22; Levítico 19-20.  

Versículo EspecialOs lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor, mas os que obram fielmente são o seu prazer” (Provérbios 12:22). 

Pensamento Bíblico: A Grande Confissão de Pedro (Mateus 16:13-20). Naquele tempo, como agora, havia muitas atitudes diferentes para com Jesus. Pedro confessou a verdade: “Tu és o Cristo, o filho do Deus vivo” (v. 17). Quando ele seguia cuidadosamente as coisas reveladas por Deus, Pedro sempre manifestava grandeza. De fato, é difícil imaginar uma confissão mais significativa do que a que ele proclamou. Entretanto, quando Pedro ouviu as idéias dos homens, ele lutou contra Jesus (Mateus 16:23). Se confiarmos na palavra de Deus, nós não erraremos.  

Ação: Confesse Cristo diante de outros; eles precisam saber a respeito dele!

24 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 16:1-12; Atos 19:23-41; Salmo 49; Provérbios 12:12-16; Levítico 17-18.  

Versículo EspecialO caminho do insensato aos seus próprios olhos parece reto, mas o sábio dá ouvidos aos conselhos”(Provérbios 12:15).  

Pensamento BíblicoCuidado com o Fermento do Erro (Mateus 16:6-12). Jesus usou a oportunidade da fome física para ensinar uma lição espiritual. A fome espiritual não é para ser satisfeita com as doutrinas do homem, mas com a palavra de Deus. Sempre haverá doutrinas atraentes e falsas. Temos que distinguir o verdadeiro do falso, de modo que o fermento da falsa doutrina não penetre e contamine nossas vidas.  

Ação: Use seu tempo, hoje, estudando a vontade de Deus, de modo que você possa ficar melhor equipado para reconhecer as doutrinas falsas.

23 de fevereiro de 2013

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO




Estudo Textual: 1 Pedro 4:7-19
Glorificando a Deus como um Cristão
"O fim de todas as cousas está próximo!" (4:7). Nossos pensamentos imediatamente se voltam para o retorno de Cristo e o fim do mundo. Num sentido, a volta de Cristo está sempre próxima porque não sabemos quando ele voltará. É mais provável, contudo, que Pedro esteja falando da destruição de Jerusalém e do fim da economia judaica. Jesus tinha dado sinais pelos quais os cristãos poderiam saber que a destruição de Jerusalém estava próxima (veja Mateus 24, especialmente o versículo 34). Pedro escreveu sua primeira epístola não muito antes da guerra romano-judaica e a maior importância geral dada à persegui-ão iminente apóia melhor a ideia de que Pedro tem em mente este acontecimento penoso do primeiro século.

Os destinatários desta epístola não se deveriam surpreender se fossem perseguidos por causa de Cristo. Em vez disso, deveriam regozijar-se por serem capazes de participar de algum modo dos sofrimentos de Cristo, aquele que sofreu por amor à justiça (4:12-13). De fato, os cristãos são abençoados em tal sofrimento (veja Mateus 5:10-12). Enquanto estamos sofrendo pelo nome de Cristo antes que por nossos próprios pecados, podemos glorificar a Deus através do nome de cristão (4:14-16).
No meio desta perseguição, será muito importante que os irmãos tenham intenso amor uns pelos outros, praticando a hospitalidade e usando seus dons, tanto os naturais como os milagrosos, em benefício dos irmãos e da glória de Deus (4:8-11). Contudo, o amor não "ignora" os pecados de nosso irmão; antes protege-os por meio da correção e do perdão (4:8; veja também Tiago 5:19-20).
Em 4:17-18, Pedro usa dois argumentos que avançam de um fato certo para outro ainda mais certo (isto é, do menor para o maior) para apontar a abençoada condição dos cristãos mesmo em vista da perseguição. Ele observa que a casa de Deus, a igreja, seria julgada por meio da perseguição que viria. Pode-se esperar que o povo de Deus seja preservado do sofrimento. Contudo, se o povo de Deus não escapar ao "julgamento" em forma de perseguição, é mais certo ainda o fato que o desobediente será "julgado" por Deus na-quele dia final (4:17). Por raciocínio seme-lhante, se a pessoa justa só é salva com dificuldade, qual será o fim do injusto (4:18)?
Pedro conclui observando que aqueles que sofrem por amor da justiça podem suportar tais dificuldades do mesmo modo que Jesus suportou seu sofrimento. Eles devem confiar suas almas ao seu Criador fiel que fará justiça no julgamento final (4:20; 2:23).
Perguntas para estudar:
Qual deverá ser a resposta dos cristãos quando sofrerem por Cristo?
 
Se a pessoa justa será salva com dificuldade, pode a pessoa injusta esperar ser salva?
Como podemos suportar o sofrimento como cristãos? 
(-por Allen Dvorak) Que Deus Abençoe a Todos Pastor Antonio Marques

REFLEXÃO DA SEMANA

A Aranha 
Uma vez um homem estava sendo perseguido por vários malfeitores que queriam matá-lo. O homem, correndo, virou em um atalho que saía da estrada e entrava pelo meio do mato e, no desespero, elevou uma oração a Deus da seguinte maneira: 

- "Deus Todo Poderoso fazei com que dois anjos venham do céu e tapem a entrada da trilha para que os bandidos não me matem!!!" 
Nesse momento escutou que os homens se aproximavam da trilha onde ele se escondia e viu que na entrada da trilha apareceu uma minúscula aranha. A aranha começou a tecer uma teia na entrada da trilha. O homem se pôs a fazer outra oração cada vez mais angustiada: 
- "Senhor, eu vos pedi anjos, não uma aranha." 
- "Senhor, por favor, com tua mão poderosa coloca um muro forte na entrada desta trilha, para que os homens não possam entrar e me matar..." 
Abriu os olhos esperando ver um muro tapando a entrada e viu apenas a aranha tecendo a teia. Estavam os malfeitores entrando na trilha, na qual ele se encontrava esperando apenas a morte. Quando passaram em frente da trilha o homem escutou: 
- "Vamos, entremos nesta trilha!" 
- "Não, não está vendo que tem até teia de aranha!? Nada entrou por aqui. Continuemos procurando nas próximas trilhas..." 
Fé é crer no que não se vê, é perseverar diante do impossível. Às vezes pedimos muros para estarmos seguros, mas Deus pede que tenhamos confiança Nele para deixar que sua glória se manifeste e faça algo como uma teia, que nos dá a mesma proteção de uma muralha. 



Autor Desconhecido

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 15:29-39; Atos 19:11-22; Salmo 48; Provérbios 12:7-11; Levítico 15-16.  

Versículo Especial“Assim, a palavra do Senhor crescia e prevalecia poderosamente” (Atos 19:20).  

Pensamento Bíblico: Frutos do Arrependimento  (Atos 19:18-20). O povo de Éfeso mostrou que o seu arrependimento era verdadeiro, queimando muitos valiosos livros que tinha usado para buscar o mal. Às vezes, as mesmas mudanças são necessárias hoje em dia. Não podemos apegar-nos aos costumes do mundo. É demais abandonar os livros, revistas, discos, e fitas que encorajam pensamentos e práticas más? Seja o que for que nos atraia para a velha vida de pecado, precisa ser rejeitado. O céu vale o sacrifício.  

Ação: Determine com honestidade o que se antepõe entre você e Deus: e livre-se disso

21 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 15:10-20; Atos 18:18-28; Salmo 46; Provérbios 11:27-31; Levítico 13.  

Versículo Especial“Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra” (Salmo 46:10).  

Pensamento Bíblico: Confiando nas Riquezas (Provérbios 11:28). A Bíblia está repleta de advertências a respeito da confiança nas riquezas, até mesmo chamando-a de uma forma de idolatria (veja Colossenses 3:5). Entretanto, muitas pessoas, entre elas cristãos, sacrificam coisas de real valor para ganhar dinheiro, economizar dinheiro, e progredir nas carreiras para ganhar mais dinheiro. No altar do materialismo, nós queimamos o nosso tempo, nossa energia, nossos irmãos e nossas famílias.

Ação: Defina hoje suas prioridades para procurar primeiro o Senhor, e manter seus olhos na meta celestial.

20 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 15:1-9; Atos 18:1-17; Salmo 45; Provérbios 11:22-26; Levítico 10-12.  

Versículo Especial“E falou Moisés a Arão: Isto é o que o Senhor disse: Mostrarei a minha santidade naqueles que se cheguem a mim e serei glorificado diante de todo o povo. Porém Arão se calou” (Levítico 10:3).  

Pensamento Bíblico: O Pecado de Nadabe e de Abiú  (Levítico 10:1-7). A palavra de Deus é dada para ser obedecida. Quando estes sacerdotes negligenciaram este fato e ofereceram fogo “que ele não lhes tinha ordenado”, eles sofreram a conseqüência do seu pecado. Os julgamentos de Deus não são sempre súbitos, mas ele recompensa a justiça e castiga a desobediência. Sua palavra é revelada para que possamos conhecer como mostrar nosso amor para com ele, servindo-o.  

Ação: Faça tudo o que Deus determina: nem mais nem menos!

19 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 14:22-36; Atos 17:16-34; Salmo 44; Provérbios 11:16-21; Levítico 8-9.  

Versículo Especial“Não confio no meu arco, e não é a minha espada que me salva” (Salmo 44:6).  

Pensamento Bíblico: Jesus Enfrentou Duras Situações em Oração (Mateus 14:23). O contexto desta noite de oração conta-nos muito sobre o valor da comunicação com o Pai Celestial. O dia anterior havia trazido notícias da morte trágica de João Batista (14:12-13), e havia sido um dia de grandes milagres, incluindo-se curas (14:14) e alimentação de mais de 5000 pessoas (14:15-21). O dia seguinte incluiria a caminhada sobre as águas (14:25) e alguns ensinamentos duros que fizeram com que muitos dos seus seguidores o abandonassem (veja João 6). Jesus, que conhecia melhor do que qualquer um o valor da comunicação com o Pai, enfrentou tais momentos de tensão com oração, no isolamento da montanha. Não sabemos se ele dormiu naquela noite, mas sabemos, sim, que ele orou.  Ação: Ore.

17 de fevereiro de 2013

REFLEXÃO DA SEMANA

Depende de Você 
A paz que você reclama e tenta encontrar...
depende de você.
A compreensão que você reivindica a cada passo...
depende de você. 
A bondade que você admira nas pessoas...
e sonha possuir...
depende de você.
O diálogo, base de toda convivência...
depende de você.
A abertura que é o caminho para a renovação...
depende de você.
A realização que você julga essencial...
depende de você.
O amor que você quer encontrar no outro...
depende de você.
Pondere:
Queixar-se ou produzir, atrapalhar ou servir,
desprezar ou valorizar, revoltar-se ou colaborar,
adoecer ou curar-se, rebaixar-se ou abrir-se, 
estacionar ou progredir é uma questão de escolha.
"Depende de você".

Autor Desconhecido

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 14:1-12; Atos 16:35-40; Salmo 42; Provérbios 11:7-11; Levítico 4-5.  

Versículo Especial“Morrendo o homem perverso, morre a sua esperança, e a expectação da iniqüidade se desvanece” (Provérbios 11:7). 

Pensamento BíblicoO Sangrento Preço do Pecado (Levítico 4).  Ao prescrever sacrifícios pelos pecados de várias pessoas, Deus exigia que o transgressor pusesse a mão sobre a cabeça do animal a ser sacrificado e o matasse (vs. 4,15,24,29,33). Esta tarefa sombria ilustrava o preço do pecado! O culpado matava pessoalmente os animais que expiavam seus pecados. Visualizar esta cena, com Jesus como sacrifício, nos ajudará a guardar-nos do pecado. Um “Cordeiro” inocente sofreu imensamente por causa de meu pecado.  

Ação: Viva uma vida justa hoje para que Jesus não sofra desnecessariamente (Hebreus 6:6; 10:26-29).

15 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 13:36-46; Atos 16:11-24; Salmo 40; Provérbios 10:27-32; Êxodo 39-40.  

Versículo Especial“Não ocultei no coração a tua justiça; proclamei a tua fidelidade e a tua salvação; não escondi da grande congregação a tua graça e a tua verdade” (Salmo 40:10).  

Pensamento BíblicoVendendo Tudo Pelo Reino do Céu (Mateus 13:44). Note nesta breve parábola:  
    A alegria de descobrir o reino
    O reconhecimento do seu valor
    O sacrifício para obter o tesouro
    O precioso privilégio de possuí-lo  

Ação: Dê todo o seu tesouro nesta vida para obter um lugar com Deus na eternidade. E, enquanto reflete no Salmo 40:10, determine não esconder a verdade sobre Deus!

14 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 13:24-35; Atos 16:1-10; Salmo 39; Provérbios 10:23-26; Êxodo 37-38.  

Versículo Especial“Como passa a tempestade, assim desaparece o perverso, mas o justo tem perpétuo fundamento” (Provérbios 10:25).  

Pensamento BíblicoA Influência de Mães Devotas (Atos 16:1-3). A dívida de Timóteo para com uma mãe e uma avó tementes a Deus é bem conhecida (veja 2 Timóteo 1:5; 3:15). Eunice educou um filho devoto que se tornou um pregador fiel, mesmo sem a assistência de um esposo, que era um incrédulo. Certamente não foi fácil fazê-lo sozinha, mas também não foi impossível! O exemplo de Eunice encoraja aqueles que enfrentam tarefas semelhantes hoje em dia.  

Ação: Pais, guiem seus filhos com determinação para obterem sucesso, apesar dos obstáculos!

13 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 13:18-23; Atos 15:36-41; Salmo 38; Provérbios 10:18-22; Êxodo 35-36.  

Versículo Especial: “Pois já se elevam acima de minha cabeça as minhas iniqüidades; como fardos pesados, excedem as minhas forças”(Salmo 38:4).  

Pensamento BíblicoPessoas que Deram Demais  (Êxodo 36:1-7). Estes versículos contêm  um grande exemplo do serviço dedicado do povo de Deus. Os israelitas trouxeram, de livre vontade, ofertas para o serviço do tabernáculo. Eles continuaram trazendo tanto, que Moisés teve que fazê-los parar. Precisamos ter o seu zelo! Imagine tal dádiva generosa que Deus tivesse que nos dizer para parar. Será muito melhor se Deus disser: “É muito” do que: “É muito pouco”!  

Ação: Entregue-se como um sacrifício ao serviço de Deus (veja Romanos 12:1-3).

11 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 13:1-9; Atos 15:12-21; Salmo 37:1-19; Provérbios 10:6-10; Êxodo 31-32.  

Versículo Especial: “Para que os demais homens busquem o Senhor, e também todos os gentios sobre os quais tem sido invocado o meu nome” (Atos 15:17).  

Pensamento Bíblico: A Humanidade Pode Procurar o Senhor (Atos 15:12-21). A discussão descrita em Atos 15 foi uma resposta aos esforços de alguns para limitar a salvação aos judeus. Vários oradores mostraram que o evangelho é para todos. Hoje, tal doutrina de acesso limitado à salvação parece quase inimaginável. Entretanto, a muitos ainda é negada a oportunidade de conhecer Jesus, não por causa de nossos ensinamentos, mas por causa de nossa falta de ensinamento.  

Ação: Ensine a verdade a todos que quiserem ouvir.

10 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 12:38-50; Atos 15:1-11; Salmo 36; Provérbios 10:1-5; Êxodo 29-30.  

Versículo Especial“Porque qualquer que fizer a vontade de meu Pai celeste, esse é meu irmão, irmã e mãe” (Mateus 12:50).  

Pensamento BíblicoA Família de Cristo (Mateus 12:47-50). Nesta breve troca, Jesus apresentou um conceito que desconcertou seus ouvintes, tanto naquele tempo como agora. No meio de uma nação que prezava extremamente a identidade nacional e familiar, Jesus disse que as relações espirituais são de maior significado do que o parentesco físico. Não há maior parentesco do que aquele que partilhamos quando estamos na família de Deus. Boas famílias físicas são uma bênção, mas é um privilégio ainda maior o fato de sermos contados como irmãos e irmãs de Jesus!

Ação: Agradeça a Deus por permitir-lhe estar em sua família.

9 de fevereiro de 2013

REFLEXÃO DA SEMANA

Caminho do Meio 
Ser justo, mas com amor.

Amar, mas sem aprisionar.

Amparar, mas sem fazer pelo outro o que ele deve fazer por si mesmo.
Ajudar, mas sem tirar do outro o direito de escolher seu próprio caminho.
Perdoar, mas sem ser conivente com o mal.
Esquecer o mal, mas sem ser indiferente a ele.
Ser pacífico, mas não passivo diante dos acontecimentos.
Cultivar a não violência, mas sem violentar a si mesmo.
Lutar com coragem, mas aceitar a derrota como parte das experiências da vida.
Ter coragem de enfrentar os próprios limites, mas também de reconhecer as próprias fraquezas.
Servir ao dever, mas sem ser oprimido por ele e sem escravizar-se a coisa alguma.
Viver com prazer, mas não viver em função dele.
Ser simples e humilde o que não significa andar mal vestido ou descuidar-se de si mesmo.
Conservar puro o coração, o que não significa esconder de si os próprios sentimentos.
Crer em Deus, mas sem atribuir a Ele aquilo que nos compete.
Cultivar a fé, mas sem abdicar da razão.
Caminhar com equilíbrio, eis o nosso maior desafio.
Sem equilíbrio, tombamos sempre...
... Para um lado... ... Ou para outro.
Amor Sabedoria
Bondade Justiça
Sentimento Razão 



Autor Desconhecido

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 12:31-37; Atos 14:19-28; Salmo 35:11-28; Provérbios 9:13-18; Êxodo 27-28.  

Versículo Especial“Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no dia do juízo” (Mateus 12:36). 

Pensamento Bíblico: Presbíteros Escolhidos em Cada Igreja  (Atos 14:23). Parte do desenvolvimento das igrejas no primeiro século foi a eleição de supervisores qualificados (conforme 1 Timóteo 3; Tito 1). Deus não anunciou qualquer modificação no padrão das igrejas locais em nossos dias.  Temos responsabilidades no crescimento pessoal e na edificação dos outros, para que cresçam espiritualmente e constituam congregações biblicamente organizadas.  

Ação: Viva, hoje e todos os dias, de acordo com o padrão revelado por Deus no Novo Testamento.

8 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 12:22-30; Atos 14:1-18; Salmo 35:1-10; Provérbios 9:7-12; Êxodo 25-26.  

Versículo Especial“E minha alma se regozijará no Senhor e se deleitará na sua salvação” (Salmo 35:9).  

Pensamento BíblicoA Escolha Entre Ser a Favor ou Contra Jesus (Mateus 12:30). Jesus, claramente, afirma que “Aquele que não é comigo é contra mim, e aquele que não ajunta comigo, espalha.”  Jesus acabou de mostrar que os servos de Satanás não trabalham contra Satanás (vs. 25-26). O princípio de um reino unido se aplica igualmente à casa do Senhor! Não há terreno neutro para os que não se empenham.  

Ação: Medite na realidade da luta decisiva com Satanás e resolva a entregar-se inteiramente a Jesus.

7 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 12:9-21; Atos 13:42-52; Salmo 34; Provérbios 9:1-6; Êxodo 23-24.  

Versículo Especial“Engrandecei o Senhor comigo, e todos, à uma, lhe exaltemos o nome” (Salmo 34:3).  

Pensamento Bíblico: Adorando um Deus Que se Interessa (Salmo 34). Há muitas razões para glorificar a Deus. Este salmo ressalta uma: o interesse de Deus para conosco. Ele nos protege, nos resgata, e nos liberta das dificuldades. Ele leva justiça para o mal e preserva o justo. Lembre-se da afirmação do Salmo 34:15: “Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e seus ouvidos estão abertos ao seu clamar”.  

Ação: Aproveite o privilégio de ser permitido adorar a Deus. Reserve um tempo hoje para louvá-lo, orar a ele, e ouvir atentamente a sua palavra.


5 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 11:25-30; Atos 13:13-26; Salmo 32; Provérbios 8:27-31; Êxodo 19-20.  

Versículo Especial“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28).  

Pensamento Bíblico: Preparando-se para Encontrar Deus (Êxodo 19). Jeová acabava de livrar os israelitas do Egito, e estava prestes a encontrá-los no Monte Sinai, para entregar-lhes sua lei. Enquanto ouviam e obedeciam extensas instruções sobre como se preparar para encontrá-lo, eles ficavam impressionados com a importância da reverência para com o Senhor. Eles tinham que lavar suas roupas, purificar-se e depois ficar afastados, em respeito ao Senhor. Este relato deveria fazer com que examinássemos nossas práticas e atitudes. Foi esta reverência substituída pela filosofia do “venha como estiver”? Corremos descuidadamente de nosso envolvimento com os assuntos mundanos da vida para uma fria adoração a Deus?  

Ação: Quando se aproximar de Deus em oração, hoje--e todas as vezes em que você o adorar--passe algum tempo se preparando. Afaste-se das distrações e dê sua total atenção e reverência ao Senhor que nos livra da servidão do pecado.

4 de fevereiro de 2013

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: Mateus 11:16-24; Atos 13:1-12; Salmo 31:14-24; Provérbios 8:22-26; Êxodo 17-18.  

Versículo Especial“Ensina-lhes os estatutos e as leis e faze-lhes saber o caminho em que devem andar e a obra que devem fazer”(Êxodo 18:20).  

Pensamento Bíblico: O Papel do Grande Líder  (Êxodo 18:20). Este capítulo fala do conselho de Jetro para tornar o trabalho de Moisés mais eficiente e mais eficaz. Por hoje, porém, considere as palavras do versículo acima. Moisés foi um grande líder porque ele dirigiu o povo para seguir a Deus. Ele não buscava poder pessoal. Em vez disso, ele continuamente encorajava outros a voltarem-se para a vontade de Deus. Aqueles que quiserem ser grandes líderes, hoje em dia, têm que fazer a mesma coisa.  

Ação: Pela palavra e pelo exemplo, conduza outros no caminho de Deus.

3 de fevereiro de 2013

REFLEXÃO DA SEMANA

Por algo melhor 
É muito fácil se irar, frustrar-se e desencorajar-se.
Qualquer pessoa pode facilmente ser levada a isso; não lhe é requerida nenhuma habilidade para que exiba tal atitude.
Apenas pelo fato de você estar irado – ainda que por uma razão justificada –, isso não significa que você tenha que fazer com que a situação piore ainda mais.
Retribuir com ira só irá feri-lo, e tanto quanto a outra pessoa.
Mas afinal, será isso mesmo que você deseja?
Contudo, o fato de você se sentir terrivelmente frustrado não constitui razão para que você crie um ambiente para uma frustração ainda maior!
Uma realização cheia de significado acontece em função do seu esforço pessoal, mesmo em meio a uma série de circunstâncias negativas.
Pare por um momento e se pergunte: “O que posso fazer agora, diante dessa situação, que até poderia fazer uma diferença positiva?...”
Certamente que você irá eventualmente se sentir irado, frustrado, amargurado e desencorajado.
Isso é perfeitamente compreensível e natural. Entretanto, isso não lhe confere razão para agir contra seu próprio interesse.
Com Deus, e exercitando a mente de Deus, SEMPRE existe uma maneira de melhorar qualquer situação, por pior que seja.
Busque a Deus, e aja baseado no caráter dele.
E veja então a sua circunstância assumir uma postura que você jamais imaginou possível! 

Autor desconhecido
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...