10 de abril de 2017

ANDANDO NA VERDADE

Resultado de imagem para versículos do dia de hoje

A Capacidade de nos Alegrar

“Uma coisa peço ao Senhor, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo.” – Salmo 27:4
Nossos corações são recipientes criados divinamente, feitos de propósito para receber a alegria com a qual Deus quer preenchê-los. É verdade, como disse Bernard de Clairvaux, que “a beleza é o direito de nascença da alma”. Mesmo que tenhamos danificado o nosso gosto por coisas divinas através de negligência e abuso, ainda nos encontramos “surpresos pela alegria”, como colocou C. S. Lewis. Quando passarmos por estes momentos de alegria autêntica, somos lembrados do bom propósito para o qual fomos criados. E também somos lembrados da insensatez que nos afastou do Deus que nos concedeu os nossos corações. Deus não se deixou “ficar sem testemunho de si mesmo, fazendo o bem, dando-vos do céu chuvas e estações frutíferas, enchendo o vosso coração de fartura e de alegria” (Atos 14:17).
A respeito deste mundo temporal e da nossa capacidade de gozar as coisas boas, Salomão disse que é correto “regozijarmos”. Ele disse que “é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho” (Eclesiastes 3:12-13). Mas, mais importante que o aproveitar em si, Salomão também observou que “tudo fez Deus formoso no seu devido tempo” e colocou a “eternidade” em nossos corações (Eclesiastes 3:11). A alegria ilimitada que tanto nos intriga agora é uma dica maravilhosa daquilo que vem pela frente por aqueles que buscam diligentemente a Deus. Tendo recebido a capacidade de sentir o gosto da eternidade, agora estamos sendo puxados a ele.
Não houve já vezes em que sentimos uma alegria que nos surpreendeu, vezes em que descobrimos que há mais alegria acessível a nós do que imaginávamos? Essas realizações alegres devem nos intrigar e nos instruir. Devem sugerir a vastidão daquilo que pode ser nosso através de Deus e estimular nosso apetite para coisas espirituais. “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (1 Coríntios 2:9). Fomos feitos para muito mais do que já recebemos. Por que tão freqüentemente negamos e resistimos ao Deus que nos deu a nossa capacidade de nos alegrar?
Nosso Criador nunca teria feito dias tão lindos, nem teria concedido-nos corações profundos para gozarmos deles, a não ser que fôssemos imortais. (Nathaniel Hawthorne)
(–por Gary Henry).Que Deus abençoe a todos pastor Antonio Marques

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...