31 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Sereis odiados de todos por causa do meu nome; aquele, porém, que perseverar até ao fim, esse será salvo”(Mateus 10:22).  
Pensamento Bíblico: Ovelhas Entre Lobos (Mateus 10:16-26). Aqueles que seguem a Cristo não podem evitar o tipo de sofrimento que ele suportou. Famílias e amigos se oporão aos cristãos, até mesmo com violência. Dureza, sacrifício e perseguição devem ser consequências esperadas ao viver para Jesus. Não podemos permitir que tais dificuldades nos desviem da meta celestial!  
Ação: Quando enfrentar contrariedade no serviço de Deus, lembre-se de que Jesus o amou o bastante para morrer por você (Gálatas 2:20).

30 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável” (Atos 10:35).  
Pensamento BíblicoSujando Nossos Pés (Mateus 10:1-15). Quando Jesus mandou seus apóstolos pregar às ovelhas perdidas de Israel, Ele os instruiu para que sacudissem o pó de seus pés nos lugares onde sua mensagem fosse rejeitada.  Muito freqüentemente, erramos ao desistir e “sacudir o pó” antes que tenhamos sujado nossos pés. Não podemos concluir que os outros rejeitarão o evangelho. Temos que lhes dar a oportunidade de responder por si mesmos.  
Ação: “Procurai as ovelhas perdidas . . .” (Mateus 10:6). “. . . de graça recebestes, de graça dai” (Mateus 10:8).

29 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“E então, se dirigiu a seus discípulos: A seara, na verdade, é grande, mas os trabalhadores são poucos”(Ma teus 9:37).  
Pensamento Bíblico: Trabalhadores Para a Seara (Mateus 9:36-38). Note aqui alguns pontos:  
    Multidões necessitaram do evangelho
    Jesus tinha compaixão
    Ele viu uma seara abundante
    Ele reconheceu a falta dos trabalhadores
    Ele insistiu na oração por mais trabalhadores
    Ele enviou aqueles que estavam disponíveis (Mateus 10:1-5).  
Hoje, precisamos ver as multidões, e compadecer-nos delas. Se o fizermos, também oraremos e agiremos, usando as oportunidades que temos para trazer a colheita das almas a Deus.  
Ação: Considere, com compaixão, os perdidos ao nosso redor. Ore (Mateus 9:38). Vá (Mateus 10:5). Você compartilhará o evangelho hoje?

28 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Dize à Sabedoria: Tu és minha irmã; e ao Entendimento chama teu parente” (Provérbios 7:4).  
Pensamento Bíblico: Deus Rejeita Nossas Desculpas (Êxodo 3-4). Moisés procurou uma maneira para escapar de sua obrigação, oferecendo uma série de objeções, que Deus se recusou a aceitar:  
    Por que eu? (3:11)
    Não sei o que dizer (3:13)
    Eles não me crerão (4:1)
    Não sou eloqüente (4:10)
    Envie outro (4:13)  
Ação: Ouça a si mesmo, hoje. Está, de boa vontade, submetendo-se à vontade de Deus ou tentando passar a ele suas desculpas esfarrapadas? Procure as soluções de Deus em vez de desculpas humanas!

27 de janeiro de 2011

MENSAGENS PARA SEU CORAÇÃO




Fidelidade e compromisso com Cristo
Deus manifestou maravilhas ao povo de Israel, mostrando o caminho e dando ao povo uma terra preciosa. O povo presenciou todos os milagres de Deus feitos por intermédio de Moisés, provando assim a Faraó e ao povo egípcio quem verdadeiramente era o Senhor dos exércitos. Deus foi longânimo e paciente e, mesmo assim, Israel virou as costas várias vezes ao Senhor. O Senhor escolheu Israel porque o amava e para cumprir a promessa feita a Abraão (Gênesis 12:7).
Deus sempre amou seu povo e quis o seu bem. Aos que cumprem os seus mandamentos, Deus é fiel. Mas aqueles que não ouvem a sua palavra, Deus os faz perecer (Deuteronômio 7:9-10).
No capítulo 7 de Deuteronômio, Deus faz admoestações para que Israel não se desviasse novamente do seu caminho. Deus apresenta vários conselhos para o povo sobre respeito e cumprimento de cada estatuto dado nos versículos 1 ao 5.
Deus deixa bem claro no versículo 11 que eles deveriam guardar os mandamentos, ou seja, eles tinham que ouvir e cumprir aquilo que estava sendo dito.
Deus firma nova aliança com Israel
A antiga aliança foi dada com um propósito limitado (Gálatas 3:21-25), e o povo, pelos seus pecados e infidelidade, não continuou nela. O Senhor anunciou uma nova aliança, que seria inscrita nos corações: “Porque esta é a aliança que firmei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o SENHOR: Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo” (Jeremias 31:33).
A lei do Senhor já não está escrita em tábuas de pedra, mas em corações humanos (2 Coríntios 3:3). A nova aliança é como uma fonte de esperança para seu povo, trazendo perdão pelos pecados, além de ser eterna.
Todas as profecias em relação à nova aliança apontam diretamente para Cristo, e todas se cumprem no nome que está acima de todos. “Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome...” (Filipenses 2:9).
A nova aliança foi constituída somente por meio do sangue de Cristo (Lucas 22:20). Somente através do seu sangue temos a indulgência dos nossos pecados, e não há outra forma de chegarmos na presença do Deus vivo. Devemos reconhecer a importância do sacrifício de Cristo, pois é o sangue de Cristo que “purificará a nossa consciência de obras mortas...” (Hebreus 9:14).
Nossa aliança com Deus nos compromete a sermos servos fiéis. Estaremos eternamente ligados com Cristo se permanecermos firmes na nossa aliança. De primeira mão tínhamos apenas os nossos próprios pecados, mas enquanto estávamos nesta condição Deus nos ofereceu a vida que é Jesus. E não há salvação em outro nome, a não ser o de Cristo (Atos 4:12).
Jesus Cristo, ao sofrer e morrer por nós, nos deu a vida, estando nós mortos. Éramos escravos e sujeitos ao pecado e estávamos sob a ira de Deus. Mas por causa do grande amor de Deus, ele nos transportou do império das trevas para o amor de Cristo (Colossenses 1:13).
A aliança de Deus com Davi
Davi vê Deus como a Rocha de Israel. Ele lembra de sua aliança feita com o Senhor, aliança eterna e segura. O compromisso que Davi fez com Deus não foi esquecido, a decisão de Davi estava dentro do seu coração e mesmo na sua morte suas últimas palavras foram: “Pois estabeleceu comigo uma aliança eterna, em tudo bem definida e segura” (2 Samuel 23:5). Deus é fiel conosco, também. Como Davi, nós podemos olhar para a eternidade com confiança na aliança eterna que nós dá a esperança da vida eterna.
(–por Joel Oliveira Pinto) Que Deus Abençoá a Todos
Pr,Antonio

MEDITAÇÃO DO DIA


Versículo Especial“Mas Jesus, ouvindo, disse: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes” (Ma teus 9:12).  
Pensamento Bíblico: Associando-se com Cobradores de Impostos e Pecadores  (Mateus 9:9-13). Este encontro de Jesus com os fariseus salienta um problema que continua a retardar o progresso do evangelho. Em vez de procurar por uns poucos homens “bons”, que seriam facilmente transformados em Cristãos, precisamos crer no poder do evangelho para mudar os mais horríveis pecadores em povo santificado e justificado de Deus.  
Ação: Procure os doentes. Convide-os a aprender sobre o Salvador.  

26 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo EspecialO Senhor é o meu pastor; nada me faltará” (Salmo 23:1).  
Pensamento Bíblico: Deus Tornou o Mal em Bem (Gênesis 50:20). Depois de suportar uma série de provações e injustiças, e longos anos de separação de sua família, José fez esse comentário sobre a ação de seus irmãos ciumentos. A despeito de suas más intenções, Deus tornou os sofrimentos de José nalguma coisa boa. A fé no Deus que governa o mundo nos leva a acreditar que ele tem capacidade para usar até as mais cruéis circunstâncias para o bem.  
Ação: Aceite as dificuldades da vida com confiança no Bom Pastor.

25 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA


Versículo Especial: “E maravilharam-se os homens, dizendo: Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?” (Mateus 8:27).

Pensamento Bíblico: A Conversão de um Fariseu Zeloso (Atos 9:1-19). A conversão de Saulo de Tarso permanece como uma demonstração clara do poder do evangelho. Saulo foi um fariseu zeloso, opondo-se de todo o coração àquele chamado Jesus. Mas quando se viu face a face com os fatos, ele foi honesto e admitiu a própria verdade, a que ele se tinha oposto tão violentamente. O evangelho ainda tem o poder de transformar o homem mau em um filho de Deus.
Ação: Maravilhe-se ante a grandeza de Cristo. Então, faça um esforço especial para dizer a um pecador que ele precisa do Salvador.





24 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo EspecialO homem de Belial, o homem vil, é o que anda com a perversidade na boca” (Salmo 6:12).  
Pensamento BíblicoO Messias Sofredor (Salmo 22:1-21). Muitas referências, no Novo Testamento, mostram o significado messiânico desta profecia. Quando a lemos e meditamos em suas palavras, entendemos melhor a angústia que Jesus suportou enquanto se sacrificava pelos nossos pecados. Ele suportou isso tudo para que eu pudesse viver em sua presença.  
Ação: Tome nota desta passagem e a leia novamente, da próxima vez em que você tomar parte da ceia do Senhor. Lembre-se do que Jesus suportou por você.

23 de janeiro de 2011

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO






O valor do estudo bíblico
É essencial que tenhamos um bom senso de valores. Sabemos que isso é verdade no dia-a-dia. Sai caro ao comprar ou vender se não tivermos um senso correto de valores. A Bíblia mostra os naufrágios de muitos que não tinham um discernimento de valores – Ló, Esaú, Balaão, Judas e Demas. Nós reconhecemos o valor do estudo da bíblia?
A fim de ter o valor correto do estudo bíblico, temos primeiro que ter um valor apropriado da bíblia. Para aqueles que provavelmente vão ler isso, você já sabe o valor da Bíblia. Sabemos que é muito proveitoso como guia para esta vida e para apontar o caminho para a vida eterna. Podemos falar da boca para fora do seu valor, mas se realmente a valorizamos, iremos estudá-la. Vamos rever alguns motivos que nos lembram o valor do estudo bíblico.
Dá-nos fé (João 20:31). A fé é necessária para a conversão (Atos 15:7) e para agradar a Deus (Hebreus 11:6). É essencial para o filho de Deus pois “o justo viverá por fé” (Romanos 1:17). A fé é nosso escudo (Efésios 6:16) e nos dará a vitória (1 João 5:4).
Irá fortalecer nossa esperança que pode nos salvar (Romanos 8:24). Irá estimular nosso desejo de ir para o céu e nos dará a segurança de que estamos a caminho. Servirá de âncora nas tempestades da vida (Hebreus 6:18-20).
O estudo bíblico nos fará sábios naquilo que realmente importa (Salmo 119:98-99). Isto é, o estudo vai nos fazer sábios se continuarmos nas coisas aprendidas (2 Timóteo 3:14-15).
O estudo da palavra nos guarda do pecado (Salmo 119:9,11) e nos capacitará para superar o pecado (1 João 2:4).
O estudo da Bíblia nos ajudará a evitar a apostasia (Salmo 37:31). A falta de conhecimento da palavra de Deus leva a destruição (Oseías 4:6).
Dá alegria (Salmo 19:8). O mundo enganado não acredita, mas a alegria completa se encontra em Deus (1 João 1:4). O estudos faz-nos capazes de ter alegria mesmo nas coisas ruins (Tiago 1:2-4; Romanos 8:28).
O estudo da Bíblia consola (Salmo 119:92). Quando um ente querido parte deste mundo, nada pode nos consolar como a Bíblia (1 Tessalonicenses 4:18). Haverá horas na vida de cada um em que precisaremos de consolo. O estudo nos capacitará a encontrar consolo.
Fornece alimento para a alma (Mateus 4:4). Tem uma receita apropriada para a criança e outra para o maduro (1 Pedro 2:2). A palavra de Deus deve ser mais desejada do que ouro e todas as coisas materiais (Salmo 19:10).
Tem bons frutos (Mateus 7:16). Tem um efeito exaltante na humanidade. Tem liberdade avançada. Opõe-se as coisas que corrompem. Levanta a moralidade e dá dignidade às mulheres.
Salva a alma quando recebida corretamente (Tiago 1:21). Não é fria nem morta, mas é como um fogo (Jeremias 23:29) e é viva e poderosa (Hebreus 4:12). Levou 3.000 pessoas a procurarem a salvação em Cristo no dia de Pentecostes (Atos 2).
Se conhecemos e cremos nestas coisas, o estudo da Bíblia fará parte do nosso dia-a-dia.
(–por Robert W. Goodman)Que Deus Abençoá a Todos
Pr.Antonio

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Exalta-te, Senhor, na tua força! Nós cantaremos e louvaremos o teu poder” (Salmo 21:13).  
Pensamento BíblicoPense na Formiga (Provérbios 6:6-11). Sem ser constantemente guiada por um supervisor, a formiga continua diligentemente no seu trabalho. O bom tempo é visto como a oportunidade para se preparar para tempos mais duros. Aqui há muito para aprendermos. Temos que ser esforçados e com iniciativa. Deveríamos aplicar este ensinamento à diligência nas tarefas diárias e ao trabalho de prepararmo-nos para a eternidade. Temos que usar nosso tempo e oportunidades sabiamente.  
Ação: Hoje o tempo voará e nunca mais poderá ser recuperado. As almas irão encontrar-se com Deus e nunca terão uma segunda chance para se prepararem. Trabalhe, pois a noite se aproxima!

22 de janeiro de 2011

NOVAS FOTOS DA CONSTRUÇÃO



A CONSTRUTORA PORTELA JÁ DEU INICIO NAS OBRAS DE CONSTRUÇÃO DO TEMPLO DO MINISTÉRIO BATISTA AMOR E VIDA E A SEDE DA ONG MISSÃO VIDA NO SETOR 08, NUMA ÁREA DE 1000 MIL METROS QUADRADOS. AO LADO DA CONSTRUÇÃO DO HOSPITAL REGIONAL DE ÁGUAS LINDAS.UMA ÁREA DOADA PELA PREFEITURA NA ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO GERALDO MESSIAS. 

VOCÊ QUERENDO NOS AJUDAR ENTRE EM CONTATO COM O PASTOR ANTONIO E SEJA UM PATROCINADOR E NOSSO DEUS TE ABENÇOARÁ ABUNDANTE MENTE! 
(TELEFONES /61-3616-2399/9605-6261/9255-3498/
9991-0294/8176-1817/9939-8320/3613-9144)
OU
DEPOSITE NA CONTA POUPANÇA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AGÊNCIA 3042 OPERAÇÃO 013 - CONTA N° 9584-6.


                       Em Deus faremos proezas,porque ele mesmo calca aos pés os nossos adversários.
                                                  Salmos 60:12
                          O Senhor dos Exércitos está conosco o Deus de Jacó é o nosso refúgio
                                                  Salmos 46:7
            

                                           VOCÊ PODE TAMBÉM AJUDAR ORANDO

                                                   VITÓRIA DO POVO DE DEUS





                                            ORANDO POR NÓS DEUS TE ABENÇOARÁ

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO




A correção de irmãos
Feridas de um amigo
“Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos” (Provérbios 27:6). Elogios não identificam necessariamente os amigos, nem a crítica sempre vem dos inimigos. Lembre-se de Judas que beijou o Senhor – e o traiu. Alguns dos elogios mais elaborados e melosos que já recebi vieram dos meus inimigos – muitas vezes associados a uma dor cortante nas costas, onde entrou a faca! Alguns dos comentários mais desagradáveis, doloridos e de murchar o meu ego sobre mim e meu trabalho vieram dos meus melhores amigos. Um inimigo contará a todos que você tem mau-hálito; um amigo talvez te dê refrescante bucal para você experimentar. Oh, como a crítica dói! Como ela nos faz sentir! Mas quando a dor do orgulho ferido ceder, você perceberá que era um favor. Ignorar o problema jamais teria ajudado. Você não teria o seu amigo para agir de outra maneira – apesar de precisar de um tempo para agradecer pela “ferida” que ele causou. É difícil agradecer um dentista enquanto ele está furando o dente!
Interesse genuíno na alma causa preocupação em um amigo que observa o meu caminho se afastar de Deus. Uma dura bronca pessoal – “tu és o homem” (2 Samuel 12:1-7) – pode ser necessária para me colocar nos eixos. É melhor sofrer com uma ferida temporária que a perda eterna. Eu me tornarei, então, o seu inimigo porque te conto a verdade? (veja Gálatas 4:16).
Porém, um amigo não acha prazer em causar tais feridas. Eu fico ressentido com o médico que sorri enquanto mexe num lugar dolorido! Eu sei que ele tem que fazer isso, mas não gosto de pensar que ele gosta disso! É fácil demais tornar uma crítica profissional e perpétua de tudo e de todos–se deliciar por achar falhas. Certamente tal atitude não é uma virtude e evidentemente raramente traz proveito para alguém. Um inimigo mira a sua flecha para destruir e machucar; um amigo jamais faz isso. Os nossos pais nos corrigiram. As marcas velhas nos “traseiros” não objetivavam a nossa destruição mas foram feridas de amor para o nosso proveito.
E há o outro lado da moeda – ser um amigo. Nem sempre é fácil. A amizade é mais do que visitas sociais, compartilhar refeições e aproveitar o companheirismo um do outro. É se preocupar o suficiente para fazer o que for preciso – independentemente de quanto a tarefa for desagradável.
A dura carta de correção aos coríntios de Paulo foi escrita “no meio de muitos sofrimentos e angústias de coração ... com muitas lágrimas ... para que conhecêsseis o amor que vos consagro em grande medida” (2 Coríntios 2:4). Paulo se preocupou a respeito de escrever a carta e como ela seria recebida, mas ele se alegrou quando soube do seu arrependimento (2 Coríntios 7:6). A sua atitude e as suas ações provaram a sua amizade.
Por que será que muitas vezes nós evitamos as tentativas de restaurarmos os perdidos (Gálatas 6:1). Sabemos que devemos, sabemos que seria uma bondade. Não é fácil! Por que não raciocinamos com os nossos vizinhos que não são cristãos? Alegamos ser amigos mas ignoramos a sua necessidade maior – a salvação do pecado. Receiamos dizer, “Temo que você estará perdido”. Ficamos quietos e os deixamos ir, sem incômodos, ao inferno. Que tipo de amigo faria assim?
(–por Joe Fitch)Que Deus Abençõa a Todos
Pr.Antonio

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Entrementes, os que foram dispersos iam por toda parte pregando a palavra” (Atos 8:4).  
Pensamento BíblicoFazendo a Coisa Certa (Mateus 7:21-29). Ser aceito por Deus exige mais do que profissão de fé. Requer ação. Mas só “fazer alguma coisa” também não é suficiente. Temos que fazer as coisas que Jesus diz para fazermos. Nosso amor e respeito a ele é demonstrado pela nossa obediência.  
Para ressaltar este ponto, Jesus oferece a ilustração bem viva das casas construídas sobre fundações diferentes. Se desejamos sobreviver às provações e tentações da vida, temos que ter certeza de que nossas vidas são construídas sobre a sólida fundação que é Jesus Cristo.  
Ação: Examine a fundação de sua casa espiritual. Está sobre a pedra ou sobre a areia? O edifício é sólido? Do mesmo modo que os edifícios físicos caem devido a negligência, sua casa espiritual permanecerá firme somente se você a mantiver edificando. Cresça no Senhor, hoje.

21 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo EspecialOs céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos” (Salmo 19:1).  
Pensamento Bíblico: O Caminho Apertado e o Caminho Espaçoso (Mateus 7:13-20). Muitas coisas importantes estão contidas nesta passagem. Temos que reconhecer que poucos serão salvos, vendo assim a necessidade de cuidado em nosso serviço e pressa em nossos esforços, para resgatar os que estão perecendo. Temos que estar atentos para os falsos mestres, que atraem e convencem e que nos guiariam pelo caminho espaçoso. Temos que julgar os outros pelos seus frutos, comparando seu ensinamento com o padrão da Palavra de Deus.  
Ação: Continue persistindo na direção da meta celestial, e leve consigo um amigo.

20 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Vive o Senhor, e bendita seja a minha rocha! Exaltado seja o Deus da minha salvação” (Salmo 18:46).  
Pensamento BíblicoTratamento de Outros  (Mateus 7:12). Jesus mostra, em poucas palavras, como o padrão de Deus ultrapassa a sabedoria humana da vingança e da retribuição. Nosso comportamento para com os outros não deve ser baseado nas suas ações para conosco. Temos que tratá-los como desejamos ser tratados. É um ensinamento fácil de recitar, mas difícil de cumprir!  
Ação: Meça, hoje, todas as suas ações por estas palavras de Jesus em Mateus 7:12. Você está demonstrando o amor e o respeito que você desejaria receber dos outros?

19 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Pois contigo desbarato exércitos, com o meu Deus salto muralhas” (Salmo 18:29).  
Pensamento BíblicoEvitando o Julgamento Hipócrita  (Mateus 7:1-5). Jesus não condena um julgamento justo, mas nos adverte para evitarmos a tendência comum de julgar segundo um padrão de duas medidas e de hipocrisia. Exigir a perfeição dos outros, enquanto toleramos e desculpamos nossos próprios erros, é evidencia de má atitude. E ainda Satanás, freqüentemente, usa as deficiências dos outros para nos desviar da correção de nossos próprios pecados.  
Ação: Aplique este pensamento: “Tempo empregado em melhorar a nós mesmos encurta o tempo perdido em desaprovar os outros”.

18 de janeiro de 2011

MEDITAÇÃO DO DIA


Versículo Especial: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).  
Pensamento Bíblico: Dominando a Preocupação (Mateus 6:25-34). Jesus diz para livrarmo-nos da preocupação, porque ela é fútil e sem fé. A preocupação não muda nada para melhor (incluindo-se a estatura ou a cor dos cabelos), mas rouba-nos a fé e a confiança em Deus. Satanás usa, efetivamente, a preocupação para nos distrair de nosso serviço a Deus. Se Satanás pode nos deixar preocupados com interesses carnais, ele não tem que se preocupar com a possibilidade de sermos espiritualmente vitoriosos.  
Ação: Faça seus pedidos a Deus e use, hoje, a sua própria energia para mudar as coisas que estão dentro de sua força humana.

17 de janeiro de 2011

MENSAGENS PARA SEU CORAÇÃO


Servir a Deus ajudará você e a sua família a enfrentar os desafios modernos
Para seus irmãos efésios, Paulo escreveu: "Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus" (Efésios 5:15- 16). Quanto pior for o ambiente no qual os cristãos têm que morar, se torna mais necessário tomar cuidado e ser forte no serviço ao Senhor.
Agora nestes tempos modernos os cristãos têm idéia sobre o que Paulo queria dizer quando ele falou que os "dias são maus". De quase todas as direções, nossa cultura ameaça nossa fé. A pessoa que leva a sério o seu relacionamento com Cristo não pode evitar ficar preocupado sobre o que espera no futuro. E para muitos de nós, a sobrevivência espiritual de nossas famílias é a preocupação maior. Os desafios modernos à família são tão mortíferos quanto reais.
A onda de promiscuidade sexual que resultou da Revolução Sexual atira contra o coração da família: o relacionamento de uma só carne, fiel e de ambos os lados entre marido e mulher. A homossexualidade promete redefinir o próprio conceito do que é uma família. O divórcio em abundância tem tornado impossível uma criança ter a certeza que o seu lar ficará unido até crescerem. Os movimentos dos direitos da criança e da paternidade social discutem que as crianças devem ser criadas pelo estado e não pelos seus pais. O aborto, o suicídio e a eutanásia têm implicações preocupantes na família. A mídia de entretenimento, o sistema educacional e o estado de bolsas financeiras todos estão arrumados contra a família tradicional. Ao todo, é um monte de forças ali que enfrentam a família de hoje.
O que podemos fazer para enfrentar estes desafios? Podemos servir a Deus fielmente nas nossas famílias! Pode ser uma idéia simples, mas é verdadeira: servir a Deus sempre tem sido a melhor maneira de nos manter fortes espiritualmente e sobrevivermos aos ataques de uma cultura hostil.
Pense, por exemplo, sobre os três amigos de Daniel. Na história familiar de Daniel 3, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego foram fortes o suficiente a arriscarem as suas vidas ao invés de adorarem a imagem que Nabucodonosor havia colocado. Ameaçados com a morte, simplesmente disseram, "Ó Nabucodonosor, quanto a isto não necessitamos de te responder. Se o nosso Deus, a quem servimos, quer livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo ardente e das tuas mãos, ó rei" (Daniel 3:16-17). Há mais do que uma ligação de coincidência entre a força destes homens em Deus e o serviço anterior deles para Deus. Eles tinham o que era preciso para passar nesta prova porque estavam servindo a Deus mesmo antes da prova chegar.
Os mesmos princípios governam a força espiritual das nossas famílias. Se, como famílias, amamos verdadeiramente ao Senhor e ao nosso próximo (Mateus 22:37-39), se nós verdadeiramente nos entregamos ao Senhor (2 Coríntios 8:5), e se servimos "a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor" (Hebreus 12:28), encontraremos o que for necessário para superarmos a dificuldade. Para espantar a doença espiritual e a destruição, uma família precisa de um "sistema imunológico", e o sistema imunológico que Deus pretendia que as famílias tivessem é fortalecido dia-a-dia no processo de servi-lo. Não há atalho. Sem os recursos que são fortalecidos desta maneira, realmente não há nada que possa proteger uma família das influências devastadoras com as quais temos que lidar agora.
Em primeiro lugar, servir a Deus é o que fortalece a fé. A maioria das ameaças modernas à família surgiram de uma filosofia humanística que nega a existência de Deus. A fé que é realmente de Deus, a confiança nele pessoalmente, é o que é necessário para enfrentar estes desafios. Muito tempo atrás, João escreveu, "porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé" (1 Joâo 5:4). Não há nenhum comprimido que podemos tomar que nos dará esta fé que vence o mundo. A fé é ganha no processo diário de servir a Deus da melhor maneira possível de acordo com o nosso entendimento.
Em segundo lugar, servir a Deus é o que constrói o caráter genuíno da pessoa interior. Os maiores perigos que as nossas famílias enfrentam hoje são aqueles que atacam o nosso ser mais interior, a nossa própria natureza como seres criados na imagem de Deus. A força que requer para lidar com tais perigos é a força de um profundo caráter piedoso. Paulo orou para que seus irmãos fossem "fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior" (Efésios 3:16). O caráter não é fortalecido descansando numa poltrona; é desenvolvido no trabalho ativo de servir a Deus. As famílias de hoje que esperam sobreviver a tudo que está se passando irão precisar de mais do que a força superficial daqueles que meramente falam a respeito do Senhor. Precisamos do verdadeiro caráter que vem do serviço diário, genuíno a Deus.
Em terceiro lugar, se as nossas famílias conseguirão encarar os desafios modernos, devemos gozar de relacionamentos ricos e profundos entre os membros da família. Estes relacionamentos não acontecem sozinhos, desenvolvem e aprofundam através do tempo que servimos ao Senhor. O que é verdadeiro na congregação local não é menos verdadeiro em nossas famílias físicas: a força vem "segundo a justa cooperação de cada parte" (Efésios 4:16). A maior força no mundo é a força daqueles que cresceram e ficaram fortes servindo ao Senhor juntos. Servir ao Senhor enriquece as nossas relações familiares, e fazendo isto põe nestes relacionamentos uma força que dificilmente pode chegar de outra maneira.
Acontece que servir a Deus faz mais uma coisa para nós. Nos dá coragem! Sem a coragem, estamos perdidos. Paulo encorajou aos coríntios, "Sede vigilantes, permanecei firmes na fé, portai-vos varonilmente, fortalecei-vos" (1 Coríntios 16:13) A famíla piedosa que sobrevive a cultura moderna e supera no Senhor não é aquela que se compromete covardemente com o mal. Ela corajosamente se posiciona pelo que é verdadeiro e bom. Por fim, a coragem da qual as nossas famílias precisam hoje em dia é formada nos nossos corações enquanto experienciamos a realidade de viver a vida em Cristo. Temos que fazer mais do que freqüentar os cultos da igreja; temos que "saborear" que o Senhor é gracioso (1 Pedro 2:3). Quando fizermos assim, as nossas famílias terão o tipo de poder do qual o diabo foge.
-( por Gary Henry) Que Deus Abençoá a Todos
Pr. Antonio

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Não entres na vereda dos perversos, nem sigas pelo caminho dos maus” (Provérbios 4:14).  
Pensamento Bíblico: Tesouros no Céu  (Mateus 6:19-21). É tão fácil ficarmos acostumados com este mundo, que esquecemos onde nossos tesouros verdadeiros deveriam estar. Estamos rodeados por coisas que logo apodrecerão. Devemos nos lembrar de olhar para as posses e buscas materiais do ponto de vista de Deus. Se nossos tesouros estão na terra, nosso lar não estará no céu!  
Ação: Avalie seus planos para este dia. Você estará trabalhando para o avanço econômico, o progresso na carreira e a segurança para a aposentadoria? Estará você trabalhando para juntar tesouros eternos? Mantenha as prioridades em ordem correta!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...