29 de fevereiro de 2012

MENSAGEM PARA O SEU CORAÇÃO-Pérolas dos Provérbios

 
O falador que faz mexericos

 "O mexeriqueiro descobre o segredo, mas o fiel de espírito o encobre" (Provérbios 11:13).
O mexeriqueiro é um informante, um leva-e-traz de bisbilhotices, de tagarelices, um revelador de segredos, um novidadeiro, aquele que caça segredos, verdadeiros ou falsos, para irradiá-los, um difamador. Ele é "o abelhudo, o mercador de escândalos" (A. Clarke).
 "O mexeriqueiro descobre o segredo...." Aquele que vem com histórias sobre outras pessoas, provavelmente revelará nossos segredos e contará histórias sobre nós. É tolice confiar nele. "Tal homem está tão ansioso para obter alguma coisa para conversas que revelará coisas que deveriam ser guardadas dentro de seu próprio conhecimento" (E. M. Zerr). Ele é capaz de até contar coisas sobre si mesmo que deveriam ser mantidas em segrego.
 Maneiras de mexericar

Comunicação
descuidada. Algumas vezes as pessoas, numa conversa animada, são arrastadas a dizer coisas sem pensar. Talvez a língua esteja batendo mais depressa do que os processos de pensamento estejam funcionando. Palavras que levam boatos e relatos que poderiam ser danosos à reputação de alguém são deixadas escapar dos lábios. O falador não entrou na conversa para se tornar mexeriqueiro mas, por descuido, de fato se envolveu em passar adiante uma bisbilhotice. Palavras imprudentes podem revelar segredos e prejudicar tão rapidamente como palavras escolhidas deliberadamente com esse fim.
Insinuação maliciosa. Em muitos casos, o mexeriqueiro solta alusões sutis que naturalmente despertam curiosidade. Ele faz insinuações que estimulam perguntas. Ele aguça o apetite do ouvinte. Por exemplo, ele pode dizer, "Não ficaria bem para mim dizer tudo o que sei, mas posso lhe dizer apenas isto." O mexeriqueiro começa sondando até que todo o assunto está à vista.
3 Comunicação confidencial. A história pode ser levada por alguém que roga que o que ele está para relatar tem que ser mantido confidencial. "Isto fica estritamente entre mim e você", ele insiste. Ele trai a confiança do outro enquanto insiste em que alguém não siga seu exemplo! Ele até pode acentuar a necessidade de "guardar isto debaixo do seu chapéu", falando num sussurro. "Você não pode transpirar nem uma palavra sobre isto, a ninguém", ele adverte enquanto despeja toda a história.
Tagarelice aberta. E há também o mexeriqueiro que anuncia em voz alta tudo, não importa quão pessoal e confidencial possa ser. Passar-lhe informação é como pô-la no noticiário das seis horas. Ele age como se fosse o seu papel contar tudo o que sabe, quer precise ser dito ou não. Ele vibra por ser o primeiro a informar alguém sobre alguma coisa, mesmo que seja caluniosa. Ele é viciado em contar tudo que ouve. Em muitos casos, esta pessoa intromete-se em assuntos que não são de sua conta, passa muito tempo ao telefone (é sua linha privativa!), e faz um monte de perguntas.
Seja qual fora a técnica do mexeriqueiro, ele está empenhado numa prática podre. A lei de Moisés dizia claramente, "Não andarás como mexeriqueiro entre o teu povo..." (Levítico 19:16). O Novo Testamento adverte contra sermos abelhudos, cochichadores e maldizentes (2 Coríntios 12:20; 2 Tessalonicenses 3:11; Romanos 1:29-30).
 
Guardar segredos
Enquanto o mexeriqueiro revela o segredo, "o fiel de espírito o encobre". O indivíduo que é "fiel de espírito" é digno de confiança. Ele respeita a confiança que outro depositou nele. Ele é "aquele que comprova ser fiel e verdadeiro" (F. Delitzsch). Ele tem a capacidade que parece tão rara: habilidade para manter um segredo!
 Todos nós devemos cultivar e manter um "espírito fiel". "Mas todos deverão ser cautelosos," como Ralph Wardlaw afirma em seu livro Lectures on the Book of Proverbs. "É muito errado, falando de modo geral, sujeitar-se a uma obrigação de segredo sem saber o que está para ser comunicado." Wardlaw acrescenta, "Daí a forte objeção por parte dos cristãos ao sistema de Maçonaria, que esconde seus segredos até que aqueles que procuram iniciação fazem juramento solene de nunca revelá-los." Ele ainda ressalta, "Poderemos, assim, cair numa armadilha... pois o segredo pode ser algo que não deveria ser encoberto. Pode envolver o interesse de outros; pode envolver a causa da religião e a honra de Deus. Cautela, então, contra receber imprudentemente segredos." Este é um bom conselho. Manter assuntos pessoais secretos é uma coisa; um voto cego de sigilo é outra coisa.

(- por Irvin Himmel) Que Deus Abençoe a Todos .Pr Antonio Marques

26 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo EspecialO justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos perversos os faz errar” (Provérbios 12:26).  

Pensamento BíblicoA Interferência de Pedro  (Mateus 16:21-23). Este incidente é um contraste claro com a parte precedente, que estudamos ontem. Aqui, Pedro se torna uma tentação para Jesus, porque ele não entende a necessidade da morte de Cristo. Note o claro contraste entre os versículos 23 e 17. Desta vez, Pedro não cogitava “das coisas de Deus, e sim, das dos homens.”  Ele não estava seguindo a vontade de Deus, mas procurando o rumo que fazia sentido para ele, do ponto de vista humano. Sempre que exaltamos o raciocínio humano acima da revelação divina, nos pomos em direção a uma colisão com o desastre espiritual. Quando o raciocínio humano comanda, nós erramos!  

Ação: Teste suas crenças, palavras e ações. Siga as coisas de Deus.


25 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Versículo EspecialOs lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor, mas os que obram fielmente são o seu prazer” (Provérbios 12:22).  

Pensamento Bíblico: A Grande Confissão de Pedro (Mateus 16:13-20). Naquele tempo, como agora, havia muitas atitudes diferentes para com Jesus. Pedro confessou a verdade: “Tu és o Cristo, o filho do Deus vivo” (v. 17). Quando ele seguia cuidadosamente as coisas reveladas por Deus, Pedro sempre manifestava grandeza. De fato, é difícil imaginar uma confissão mais significativa do que a que ele proclamou. Entretanto, quando Pedro ouviu as idéias dos homens, ele lutou contra Jesus (Mateus 16:23). Se confiarmos na palavra de Deus, nós não erraremos.  

Ação: Confesse Cristo diante de outros; eles precisam saber a respeito dele!

23 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Assim, a palavra do Senhor crescia e prevalecia poderosamente” (Atos 19:20).  

Pensamento Bíblico: Frutos do Arrependimento  (Atos 19:18-20). O povo de Éfeso mostrou que o seu arrependimento era verdadeiro, queimando muitos valiosos livros que tinha usado para buscar o mal. Às vezes, as mesmas mudanças são necessárias hoje em dia. Não podemos apegar-nos aos costumes do mundo. É demais abandonar os livros, revistas, discos, e fitas que encorajam pensamentos e práticas más? Seja o que for que nos atraia para a velha vida de pecado, precisa ser rejeitado. O céu vale o sacrifício.  

Ação: Determine com honestidade o que se antepõe entre você e Deus: e livre-se disso

ASSUNTO IMPORTANTE


 
BASTA REPASSAR!


Mariana Ramos Chaves 
Unidade de Nutrição e Metabolismo
Instituto de Medicina Molecular
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Tel:  +351 21 798 51 41  +351 21 798 51 41
Fax: +351 21 798 51 42
Ext: 47239
E-mail:
 marianachaves@fm.ul.pt

 
 
 

22 de fevereiro de 2012

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO



Sansão Viu Uma Mulher
Logo depois da conquista da terra prometida sob a liderança de Josué, o povo de Israel abandonou o Senhor e começou a adorar os baalins e a Astarote. Por isso, Deus entregou os israelitas nas mãos de Cusã-Risataim, o rei da Mesopotâmia, que oprimiu a nação durante oito anos. Daí quando os israelitas clamaram ao Senhor, ele levantou Otniel para libertá-los. Este ciclo (de infidelidade, opressão, oração e salvação) se repetiu múltiplas vezes no livro de Juízes. Pelo final do livro uns doze juízes tinham-se levantado para salvar o povo das mãos das nações opressoras. Nestes ciclos o povo de Israel piorou cada vez mais (2:19, todas as citações neste artigo que não mencionam o livro são de Juízes), e a qualidade dos juízes refletiu a postura do povo.
Assim, o último juiz do livro, Sansão, foi o pior de todos. Ele tinha tudo para ter êxito. Antes do nascimento dele, o Anjo do Senhor apareceu aos pais para exortar sua mãe a que se consagrasse ao Senhor e que o filho fosse dedicado ao Senhor como nazireu pela vida inteira. Quando ele cresceu, o Espírito do Senhor entrou nele e agiu nele. Sansão ganhou pela vontade do Senhor força sobrenatural e conseguiu fazer coisas inconcebíveis. Não houve nenhum motivo para que ele falhasse.
O problema chave na vida de Sansão se resume na primeira sentença que descreve a vida dele: "Desceu Sansão a Timna; vendo em Timna uma das filhas dos filisteus..." (14:1). Desta vez ele pediu que os pais conseguissem esta mulher para ele mas eles responderam: "Não há, porventura, mulher entre as filhas de teus irmãos ou entre todo o meu povo, para que vás tomar espos dos filisteus, daqueles incircuncisos? Disse Sansão a seu pai: Toma-me esta, porque só desta me agrado" (14:3). Deus já havia mandado que Sansão iniciasse a libertação dos israelitas das mãos dos filisteus, porém ele estava apaixonando-se por mulher filistéia (13:5)! Isso provocou terríveis complicações (veja capítulos 14 e 15).
Houve outras ocasiões parecidas. "Sansão foi a Gaza, e viu ali uma prostituta, e coabitou com ela" (16:1). "Depois disto, aconteceu que seafeiçoou a uma mulher do vale de Soreque, a qual se chamava Dalila" (16:4). Nestes dois casos, houve dificuldades. Por último, ele revelou o segredo da sua força a Dalila e ela cortou seu cabelo, o que permitiu aos filisteus prenderem-no e cegarem-no. Ele ficou escravo. Sansão se parecia muito com os próprios israelitas. Os dois nasceram de forma milagrosa, foram chamados a dedicação a Deus, receberam o Espírito de Deus, mas correram atrás das coisas (mulheres/ídolos) dos estrangeiros. O Senhor abandonou tanto Sansão como Israel sem nem eles terem percebido. Eles se tornaram escravos dos filisteus. É triste que Sansão e Israel tivessem tanto potencial, mas perdessem tudo por causa da sua infidelidade ao Senhor. Consideremos algumas exortações que aprendemos.
Não deixemos que a aparência se torne muito importante nas nossas relações
Parece que Sansão pensou apenas na beleza externa. Certamente ele não se preocupou com questões de religião, nem de moralidade. Ele esteve com várias filistéias e até mesmo com, pelo menos, uma prostituta. Nós vivemos numa cultura fixada na beleza externa. Pessoas gastam muito tempo e bastante dinheiro para tentar aprimorar sua aparência. Quanto a isso, Pedro aconselhou: "Não seja o adorno da esposa o que é exterior, como frisado de cabelos, adereços de ouro, aparato de vestuário; seja, porém, o homem interior do coração, unido ao incorruptível trajo de um espírito manso e tranqüilo, que é de grande valor diante de Deus" (1 Pedro 3:3-4). Nossa preocupação não deve ser com enfeitar o corpo, mas com santificar o coração. Do mesmo modo, a nossa principal procura em termos de namoro e casamento não deve ser a beleza física. O que deve pesar muito mais para nós é o caráter espiritual. Quando o Senhor preenche nossa alma, a beleza física sem espiritualidade deve ser até repugnante para nós.
Evitemos o desejo pecaminoso
Sansão deixou que seus olhos o levassem a uma paixão indevida. Ele ficou fixado pelo desejo carnal e perdeu o juízo. Ele nem conseguiu por duas vezes se controlar na presença da insistência de uma mulher pela qual ele havia ficado apaixonado (veja 14:16-17 e 16:15-17). É interessante que Sansão depois ficou cego. Jesus exortou-nos a que, de certa forma nos cegássemos: "Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno" (Mateus 5:29). Jesus falou isso imediatamente depois de ter avisado: "Qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela" (Mateus 5:28). Para tirar os pensamentos sensuais da mente temos que começar a tirar os olhos das cenas indiscretas. A determinação de Jó é um bom modelo: "Fiz aliança com meus olhos; como, pois, os fixaria eu numa donzela?" (Jó 31:1). Não é possível alimentar nossa mente com lixo e imaginar que depois seremos capazes de preservá-la limpa.
Em termos práticos, cristãos têm que evitar as fontes de imagens sensuais. A internet, os filmes, os programas de televisão têm que ser controlados cuidadosamente. Conheço irmãos que simplesmente evitam estas coisas porque percebem que não conseguem controlar-se quando se aproximam do fogo. Tomar decisões radicais quanto ao pecado (até o ponto de arrancar o olho, Jesus afirmou) é bem sensato. Temos que imediatamente desviar os olhos de mulheres que estão vestidas de forma sensual. Talvez determinaremos evitar certos lugares - a praia, por exemplo, porque lá há tantas pessoas usando roupas escandalosas, e sabemos que ficaríamos tentados a pensar de forma sensual.
Deixemos de ser pedra de tropeço
Jesus avisou com bastante franqueza: "Qualquer, porém, que fizer tropeçar a um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar. Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual vem o escândalo!" (Mateus 18:6-7). Tenho conversado com muitos homens sobre estes assuntos. A maneira de mulheres se vestirem, às vezes até mesmo de mulheres cristãs, dificulta bastante manter o pensamento puro por parte dos irmãos. Discípulos que estão se esforçando para não olhar para mulheres encontram sérias complicações quando suas irmãs se vestem de uma forma que atrai a atenção deles. Muitas vezes, as irmãs nem percebem que estão fazendo tropeçar seus irmãos, e outras vezes não se importam com o tropeço porque querem atrair atenção. Mas de qualquer jeito, visto que Jesus advertiu tão severamente quanto às pedras de tropeço, seria aconselhável que as mulheres cristãs refletissem bastante sobre este ponto. Certamente o jeito de elas se vestirem é capaz de complicar a vida espiritual dos irmãos.
Não sejamos levados pela aparência quanto ao que parece certo
Um tema do livro de Juízes é que as pessoas seguiram os seus próprios sentimentos e acabaram estragando a vida espiritual. Não devemos seguir o que vemos, antes devemos seguir o que Deus ordena. Em 17:6 e 21:25 foi escrito: "Cada um fazia o que achava mais reto". Foram épocas desastrosas na história do povo de Deus. Não há momentos piores do que os eventos dos capítulos 17 a 21 de Juízes. Eles devem nos levar à convicção de que seguir nossos sentimentos, nossas emoções, enfim, o que parece certo para nós, leva a desastre. A chave da vida sensata é viver conforme aos princípios e aos mandamentos do Senhor. Sansão destruiu sua vida deixando seus olhos determinarem sua conduta.
Sigamos Jesus, nosso maior modelo
Jesus sempre nos mostra o caminho mais certo. Note essa profecia sobre ele: "Não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos; mas julgará com justiça os pobres e decidirá com eqüidade a favor dos mansos da terra..." (Isaías 11:3-4). Isaías afirmou que Jesus, como o Juiz, nunca seria levado pela aparência das coisas, mas com discernimento profundo julgaria com retidão absoluta. Devemos seguir a ele. Paulo exortou Timóteo a que ele não mostrasse parcialidade e não se enganasse por avaliações precipitadas de pessoas (1 Timóteo 5:21-25). Especialmente quando Timóteo estava indicando presbíteros ele não deveria impor as mãos sobre alguém irrefletidamente, pois nem sempre o verdadeiro caráter da pessoa fica evidente à primeira vista.
Nossa visão será uma bênção quando for usada da forma correta. Jesus era aquele que deu aos cegos a capacidade de enxergar (veja Isaías 42:7), mas esta capacidade deve ser usada da forma certa. Pois como qualquer outra habilidade dada por Deus, o homem é capaz de abusar dela. A vida de Sansão deve nos advertir do perigo do mau uso de nossos olhos.
(-por Gary Fisher) Que Deus Abençoe a Todos Pr. Antonio Marques

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Quem ama a disciplina ama o conhecimento, mas o que aborrece a repreensão é estúpido” (Provérbios 12:1).  

Pensamento Bíblico: Coragem para Mudar (Atos 19:1-5). Esta passagem fala de uma dúzia de homens que aprenderam que precisavam ser batizados em nome do Senhor. Em vez de argumentar que o seu batismo anterior era suficiente, eles prontamente obedeceram a Deus. Muitos, hoje em dia também, precisam ser batizados na maneira e pela razão que Deus revelou (veja Atos 2:38; 22:16; 1 Pedro 3:21).  

Ação: Arrependa-se e seja batizado para a remissão dos pecados (Atos 2:38). Se você já obedeceu, compartilhe a notícia. Muitas pessoas nunca pensaram cuidadosamente nesta instrução.

21 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra” (Salmo 46:10).  

Pensamento Bíblico: Confiando nas Riquezas (Provérbios 11:28). A Bíblia está repleta de advertências a respeito da confiança nas riquezas, até mesmo chamando-a de uma forma de idolatria (veja Colossenses 3:5). Entretanto, muitas pessoas, entre elas cristãos, sacrificam coisas de real valor para ganhar dinheiro, economizar dinheiro, e progredir nas carreiras para ganhar mais dinheiro. No altar do materialismo, nós queimamos o nosso tempo, nossa energia, nossos irmãos e nossas famílias.

Ação: Defina hoje suas prioridades para procurar primeiro o Senhor, e manter seus olhos na meta celestial.

20 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“E falou Moisés a Arão: Isto é o que o Senhor disse: Mostrarei a minha santidade naqueles que se cheguem a mim e serei glorificado diante de todo o povo. Porém Arão se calou” (Levítico 10:3).  

Pensamento Bíblico: O Pecado de Nadabe e de Abiú  (Levítico 10:1-7). A palavra de Deus é dada para ser obedecida. Quando estes sacerdotes negligenciaram este fato e ofereceram fogo “que ele não lhes tinha ordenado”, eles sofreram a conseqüência do seu pecado. Os julgamentos de Deus não são sempre súbitos, mas ele recompensa a justiça e castiga a desobediência. Sua palavra é revelada para que possamos conhecer como mostrar nosso amor para com ele, servindo-o.  

Ação: Faça tudo o que Deus determina: nem mais nem menos!

19 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Não confio no meu arco, e não é a minha espada que me salva” (Salmo 44:6).  

Pensamento Bíblico: Jesus Enfrentou Duras Situações em Oração (Mateus 14:23). O contexto desta noite de oração conta-nos muito sobre o valor da comunicação com o Pai Celestial. O dia anterior havia trazido notícias da morte trágica de João Batista (14:12-13), e havia sido um dia de grandes milagres, incluindo-se curas (14:14) e alimentação de mais de 5000 pessoas (14:15-21). O dia seguinte incluiria a caminhada sobre as águas (14:25) e alguns ensinamentos duros que fizeram com que muitos dos seus seguidores o abandonassem (veja João 6). Jesus, que conhecia melhor do que qualquer um o valor da comunicação com o Pai, enfrentou tais momentos de tensão com oração, no isolamento da montanha. Não sabemos se ele dormiu naquela noite, mas sabemos, sim, que ele orou.  

Ação: Ore.

16 de fevereiro de 2012

REFLEXÃO DA SEMANA-O CHEQUE





Era um vez um rapaz que ia muito mal na escola.
Suas notas e comportamento eram uma decepção para seus pais que, como bons cristãos sonhavam em vê-lo formado e bem sucedido.
Um belo dia, o bom pai lhe propôs um acordo: se você, meu filho, mudar de comportamento, se dedicar aos estudos e conseguir ser aprovado no vestibular para a universidade de medicina, lhe darei então um carro de presente.
Por causa do carro, o rapaz mudou da água para o vinho. Passou a estudar como nunca e a Ter um comportamento exemplar. O pai estava feliz, mas tinha uma preocupação. Sabia que a mudança do rapaz não era fruto de uma conversão sincera, mas apenas do interesse em obter o automóvel. Isso era mau!
Assim, o grande dia chegou! Fora aprovado para o curso de medicina! Como havia prometido, o pai convidou a família e os amigos para uma festa de comemoração.
O rapaz tinha por certo que na festa o pai lhe daria o automóvel.
Quando pediu a palavra, o pai elogiou o resultado obtido pelo filho e lhe passou as mãos uma caixa de presente.
Crendo que ali estavam as chaves do carro, o rapaz abriu emocionado o pacote. Para sua surpresa era uma bíblia.
O rapaz ficou visivelmente decepcionado e nada disse. A partir daquele dia o silêncio e distância separavam pai e filho. O jovem se sentia traído e, agora, lutava para ser independente.
Deixou a casa dos pais e foi morar no Campus da Universidade.
Raramente mandava notícias a família. O tempo passou, ele se formou, conseguiu um emprego em um bom hospital e se esqueceu completamente do pai.
Todas as tentativas do pai para reatar os laços foram em vão. Até que um dia o velho, muito triste com a situação, adoeceu e não resistiu, faleceu. No enterro, a mãe entregou ao filho, indiferente, a bíblia que teria sido o último presente do pai e que havia sido deixada para trás.
De volta a sua casa, o rapaz, que nunca perdoara o pai, quando colocou o livro
numa estante, notou que havia um envelope dentro dele. Ao abri-lo, encontrou uma carta e um cheque. A carta dizia:
"Meu querido filho, sei o quanto você deseja ter um carro, eu prometi e aqui está o cheque para que você escolha aquele carro que lhe agradar. No entanto, fiz questão de lhe dar um presente ainda melhor, a Bíblia Sagrada. Nela aprenderás o amor de Deus e a fazer o bem, não pelo prazer da recompensa, mas pela gratidão e pelo dever de consciência".
Corroído de remorso, o filho caiu em profundo pranto. Como é triste a vida dos que não sabem perdoar. Isso leva a erros terríveis e a um fim ainda pior.
Antes que seja tarde, perdoe aquele a quem você pensa ter lhe feito mal. Talvez se olhar com cuidado, verá que há também um "cheque escondido" em todas as
diversidades da vida.
Autor Desconhecido

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Balança enganosa é abominação para o Senhor, mas o peso justo é o seu prazer” (Provérbios 11:1).  

Pensamento BíblicoOferendas Não Fermentadas (Levítico 2:11). Este versículo, facilmente ignorado no meio das instruções das cerimônias levíticas, ajuda a apreciar o sacrifício de Cristo. Jesus foi um sacrifício aceitável: não fermentado e puro (veja 1 Coríntios 5:7). Quando o imitamos, deveríamos também apresentar-nos como sacrifícios incorruptos a Deus.  

Ação: Sirva a Deus hoje “com os asmos da sinceridade e da verdade,” não “com o fermento da maldade e da malícia” (1 Coríntios 5:8). Seja puro diante de Deus, e aos olhos de outras pessoas.

15 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Não ocultei no coração a tua justiça; proclamei a tua fidelidade e a tua salvação; não escondi da grande congregação a tua graça e a tua verdade” (Salmo 40:10).  

Pensamento BíblicoVendendo Tudo Pelo Reino do Céu (Mateus 13:44). Note nesta breve parábola:  
    A alegria de descobrir o reino
    O reconhecimento do seu valor
    O sacrifício para obter o tesouro
    O precioso privilégio de possuí-lo  

Ação: Dê todo o seu tesouro nesta vida para obter um lugar com Deus na eternidade. E, enquanto reflete no Salmo 40:10, determine não esconder a verdade sobre Deus!

14 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Como passa a tempestade, assim desaparece o perverso, mas o justo tem perpétuo fundamento” (Provérbios 10:25).  

Pensamento BíblicoA Influência de Mães Devotas (Atos 16:1-3). A dívida de Timóteo para com uma mãe e uma avó tementes a Deus é bem conhecida (veja 2 Timóteo 1:5; 3:15). Eunice educou um filho devoto que se tornou um pregador fiel, mesmo sem a assistência de um esposo, que era um incrédulo. Certamente não foi fácil fazê-lo sozinha, mas também não foi impossível! O exemplo de Eunice encoraja aqueles que enfrentam tarefas semelhantes hoje em dia.  

Ação: Pais, guiem seus filhos com determinação para obterem sucesso, apesar dos obstáculos!

13 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial: “Pois já se elevam acima de minha cabeça as minhas iniquidades; como fardos pesados, excedem as minhas forças” (Salmo 38:4).  

Pensamento BíblicoPessoas que Deram Demais  (Êxodo 36:1-7). Estes versículos contêm  um grande exemplo do serviço dedicado do povo de Deus. Os israelitas trouxeram, de livre vontade, ofertas para o serviço do tabernáculo. Eles continuaram trazendo tanto, que Moisés teve que fazê-los parar. Precisamos ter o seu zelo! Imagine tal dádiva generosa que Deus tivesse que nos dizer para parar. Será muito melhor se Deus disser: “É muito” do que: “É muito pouco”!  

Ação: Entregue-se como um sacrifício ao serviço de Deus (veja Romanos 12:1-3).

12 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo EspecialO Senhor firma os passos do homem bom e no seu caminho se compraz” (Salmo 37:23).  

Pensamento BíblicoO Futuro dos Justos e dos Ímpios  (Salmo 37:20-40). Através de todo este trecho, Davi ressalta o contraste entre o fiel e o infiel, lembrando-nos do valor de continuar servindo ao Senhor. É verdade hoje, como foi no tempo de Davi, que Deus protege e resgata o fiel. Deus não abandona o justo: “Fui moço, e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão” (v. 25). Os ímpios são rapidamente esquecidos quando saem desta vida: “Passei, e eis que [o ímpio] desaparecera; procurei-o, e já não foi encontrado” (v. 36).  

Ação: A receita de Davi para hoje e para cada dia é muito simples e muito desafiadora: “Aparta-te do mal e faze o bem, e será perpétua a tua morada” (Salmo 37:27).

11 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial: “Para que os demais homens busquem o Senhor, e também todos os gentios sobre os quais tem sido invocado o meu nome” (Atos 15:17).  

Pensamento Bíblico: A Humanidade Pode Procurar o Senhor (Atos 15:12-21). A discussão descrita em Atos 15 foi uma resposta aos esforços de alguns para limitar a salvação aos judeus. Vários oradores mostraram que o evangelho é para todos. Hoje, tal doutrina de acesso limitado à salvação parece quase inimaginável. Entretanto, a muitos ainda é negada a oportunidade de conhecer Jesus, não por causa de nossos ensinamentos, mas por causa de nossa falta de ensinamento.  

Ação: Ensine a verdade a todos que quiserem ouvir.

10 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Porque qualquer que fizer a vontade de meu Pai celeste, esse é meu irmão, irmã e mãe” (Mateus 12:50).  

Pensamento BíblicoA Família de Cristo (Mateus 12:47-50). Nesta breve troca, Jesus apresentou um conceito que desconcertou seus ouvintes, tanto naquele tempo como agora. No meio de uma nação que prezava extremamente a identidade nacional e familiar, Jesus disse que as relações espirituais são de maior significado do que o parentesco físico. Não há maior parentesco do que aquele que partilhamos quando estamos na família de Deus. Boas famílias físicas são uma bênção, mas é um privilégio ainda maior o fato de sermos contados como irmãos e irmãs de Jesus!

Ação: Agradeça a Deus por permitir-lhe estar em sua família.

9 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no dia do juízo” (Mateus 12:36).  

Pensamento Bíblico: Presbíteros Escolhidos em Cada Igreja  (Atos 14:23). Parte do desenvolvimento das igrejas no primeiro século foi a eleição de supervisores qualificados (conforme 1 Timóteo 3; Tito 1). Deus não anunciou qualquer modificação no padrão das igrejas locais em nossos dias.  Temos responsabilidades no crescimento pessoal e na edificação dos outros, para que cresçam espiritualmente e constituam congregações biblicamente organizadas.  

Ação: Viva, hoje e todos os dias, de acordo com o padrão revelado por Deus no Novo Testamento.

8 de fevereiro de 2012

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO





Tema: O Amigo dos Pecadores
Texto: Mateus 11:19

                                           Veio o Filho do Homem,que come e bebe,e dizem:Eis ai um glutão e bebedor de vinho,amigo de publicanos e pecadores!Mas a sabedoria é justificada por suas obras.
            Enquanto Jesus estava aqui na terra, a sua vida era muito vigiada, tinha um grupo que o acompanhava sempre, não para aprender, mas para procurar algumas falhas para o condenarem, essas pessoas eram muito religiosas e ficavam com ciúmes, pois a religião deles era vaga enquanto que Jesus tinha uma mensagem viva que atraia as multidões. Uma das acusações daqueles religiosos contra Jesus, é que ele era amigo dos pecadores. (Lucas 7:36-39-Lucas 19:1-7-João  8:10-11).
I - Jesus busca o pecador
               Jesus não é apenas o nosso Salvador, ele é o Salvador que nos busca, podemos ver isso na parábola da ovelha perdida (Mat.18:10-14 e Ap. 3:20)
                Jesus também chama o pecador: (Mat. 11:28-30) Ele nos chama porque deseja nos dar o alivio, pois sabe que o pecador carrega cargas um fardo pesado e um julgo cruel, a palavra jugo neste texto significa canga e é usada para carregar cargas. Jesus busca o pecador porque deseja tirar de sobre ele o peso da opressão.
II – Porque Jesus busca o pecador?
           A razão principal e inexplicável porque Jesus nos busca e o seu amor por nós   (Rm 5:8 e 1º Tm 1:15), Ele vê o pecador como uma ovelha que não tem pastor (Mat. 9:36-38, nesta passagem podemos ver a compaixão de Jesus, pelos pecadores e ele nos mostra a necessidade de nos envolvermos com esta obra, pois a ceara é grande, ou seja há muitas vidas para serem ganhas, então já que fomos alcançados por Jesus, devemos cooperar com Cristo na busca dos demais.

                                             Conclusão
            
           Qual deve ser a nossa atitude diante de uma pessoa que vive na pratica do pecado?
1.    Condená-la ou amá-la?
2.    Evitarmos nos relacionar com essa pessoa sem se importar com o que venha a lhe acontecer?
3.    Ficamos com pena; mas não podemos fazer nada para ajudá-la?
4.    Sentimos compaixão, pedimos a misericórdia de Deus sobre ela e buscamos ocasião para ajudá-la.Que Deus Abençoe a Todos Pr.Antonio Marques

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“E minha alma se regozijará no Senhor e se deleitará na sua salvação” (Salmo 35:9).  

Pensamento BíblicoA Escolha Entre Ser a Favor ou Contra Jesus (Mateus 12:30). Jesus, claramente, afirma que “Aquele que não é comigo é contra mim, e aquele que não ajunta comigo, espalha.”  Jesus acabou de mostrar que os servos de Satanás não trabalham contra Satanás (vs. 25-26). O princípio de um reino unido se aplica igualmente à casa do Senhor! Não há terreno neutro para os que não se empenham.  

Ação: Medite na realidade da luta decisiva com Satanás e resolva a entregar-se inteiramente a Jesus.

7 de fevereiro de 2012



Versículo Especial“Engrandecei o Senhor comigo, e todos, à uma, lhe exaltemos o nome” (Salmo 34:3).  

Pensamento Bíblico: Adorando um Deus Que se Interessa (Salmo 34). Há muitas razões para glorificar a Deus. Este salmo ressalta uma: o interesse de Deus para conosco. Ele nos protege, nos resgata, e nos liberta das dificuldades. Ele leva justiça para o mal e preserva o justo. Lembre-se da afirmação do Salmo 34:15: “Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e seus ouvidos estão abertos ao seu clamar”.  

Ação: Aproveite o privilégio de ser permitido adorar a Deus. Reserve um tempo hoje para louvá-lo, orar a ele, e ouvir atentamente a sua palavra.

6 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Mas Deus o ressuscitou dentre os mortos” (Atos 13:30).  

Pensamento Bíblico: A Vitória Sobre a Morte  (Atos 13:27-41). Apesar dos maiores esforços dos homens para silenciar Jesus, Deus transformou seus estratagemas em vitória. No seu desespero para derrotar aquele que eles pensariam ser um inimigo, eles estavam dispostos até a rebaixar-se ao assassinato. Mas seus atos drásticos e desgraçados não foram suficientes para derrotar o Senhor. Deus o ergueu dentre os mortos. Sua vitória nos oferece a vida e o perdão dos nossos pecados, os quais antes não poderiam ser tirados. Deus nos guia à vitória!  

Ação: Conte aos outros a respeito da boa nova do perdão através de Jesus, o Vencedor sobre a morte (Atos 13:38).

5 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28).  

Pensamento Bíblico: Preparando-se para Encontrar Deus (Êxodo 19). Jeová acabava de livrar os israelitas do Egito, e estava prestes a encontrá-los no Monte Sinai, para entregar-lhes sua lei. Enquanto ouviam e obedeciam extensas instruções sobre como se preparar para encontrá-lo, eles ficavam impressionados com a importância da reverência para com o Senhor. Eles tinham que lavar suas roupas, purificar-se e depois ficar afastados, em respeito ao Senhor. Este relato deveria fazer com que examinássemos nossas práticas e atitudes. Foi esta reverência substituída pela filosofia do “venha como estiver”? Corremos descuidadamente de nosso envolvimento com os assuntos mundanos da vida para uma fria adoração a Deus?  

Ação: Quando se aproximar de Deus em oração, hoje--e todas as vezes em que você o adorar--passe algum tempo se preparando. Afaste-se das distrações e dê sua total atenção e reverência ao Senhor que nos livra da servidão do pecado.

4 de fevereiro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA




Versículo Especial“Ensina-lhes os estatutos e as leis e faze-lhes saber o caminho em que devem andar e a obra que devem fazer”(Êxodo 18:20).  

Pensamento Bíblico: O Papel do Grande Líder  (Êxodo 18:20). Este capítulo fala do conselho de Jetro para tornar o trabalho de Moisés mais eficiente e mais eficaz. Por hoje, porém, considere as palavras do versículo acima. Moisés foi um grande líder porque ele dirigiu o povo para seguir a Deus. Ele não buscava poder pessoal. Em vez disso, ele continuamente encorajava outros a voltarem-se para a vontade de Deus. Aqueles que quiserem ser grandes líderes, hoje em dia, têm que fazer a mesma coisa.  

Ação: Pela palavra e pelo exemplo, conduza outros no caminho de Deus.

3 de fevereiro de 2012

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO



Versículo Especial“Em ti, Senhor, me refugio; não seja eu jamais envergonhado; livra-me por tua justiça” (Salmo 31:1).  

Pensamento BíblicoComo Esquecemos Logo! (Êxodo 15). Deus livrou os israelitas de séculos de servidão, e eles louvaram seu poder no belo cântico que abre este capítulo. Depois de meros três dias de viagem para dentro do deserto, seu louvor foi se tornando um resmungo e uma queixa, enquanto eles esqueciam o poder e o amor de seu poderoso Redentor. Como é triste que nós, tão facilmente, imitemos sua ingratidão!  

Ação: Lembremo-nos de que o mesmo Deus que nos redimiu tem força para nos guiar ao lar (Êxodo 15:13).

2 de fevereiro de 2012

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO





Tema: Ansiedade pela vida
Texto: Lucas 12:22-32

A seguir,dirigiu-se Jesus a seus discípulos,dizendo:Por isso,eu vos advirto:não andeis ansiosos pela vossa vida,quando ao que haveis de comer,nem pelo vosso corpo,quanto ao que haveis de vestir:Porque a vida é mais do que o alimento,e o corpo,mais do que as vestes.Observai os corvos,os quais não semeiam,nem ceifam,não têm despensa nem celeiros;todavia,Deus os sustenta.Quanto mais valeis do que as aves! Qual de vós,por ansioso que esteja,pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? Se,portanto,nada podeis fazer quanto ás coisas mínimas,por,que andais ansiosos pelas outras? Observais os lírios;eles não fiam,nem tecem,Eu,contudo,vos afirmo que nem Salomão,em toda sua glória,se vestiu como qualquer deles. Ora,se Deus veste assim a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno,quanto mais tratando-se de vós homens de pequena fé!.Não andeis,pois a indagar o que haveis de comer ou beber e não vos entregues a inquietações.Porque os gentios de todo o mundo é que procuram estas coisas;mas vosso Pai sabe que necessitais delas.Buscai,antes de tudo,o seu reino,e estas cisas vos serão acrescentadas.Não temais,ó pequenino rebanho;porque vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino.
A palavra solicitude significa ansiedade, ou preocupação, ou seja, estar ocupado antes da hora, veja que Jesus disse a seus discípulos que não deveriam estar  preocupados com o que vestiam e com o que comiam, portanto os verbos aqui usados estão no futuro, antes que o amanhã chegasse, eles já estavam sofrendo os problemas do amanhã
1     I - Por que não devemos nos preocupar?
São vários os motivos
1.               A ansiedade nos abate (Lc. 21:34,Pv.12:25)
2.               Manifesta incredulidade nas promessas de Deus (Lc. 12:29-30,IS.41:8-10)
3.   Abafam a palavra de Deus e nos torna infrutíferos (Mt.12:22)
4.   A nossa preocupação não muda nada (Sl. 127? 2)

1.    II - O que devemos fazer?
2.    Lançar  sobre ele as nossas ansiedades (I Pe.5:7,Fl.4:6)
3.    Devemos trabalhar no cumprimento do dever diário, pois Deus ama o trabalho e diz que digno é o trabalhador de seu salário e qualquer situação (Fl.4:11,Tm.6:6-8)
1     III – A propriedade da vida
A maior preocupação do homem deve ser buscar primeiro agradar a Deus, e as outras coisas serão acrescentados (Lc. 12:31)
O salmo (37:3-6), expressa bem esta realidade, pois descansar em Deus, este é o grande segredo do sucesso.
Devemos crer que mesmo em face ás turbulências do mundo atual, a ameaça de desemprego, a instabilidade dos governos; Deus esta no controle da situação (Hb.3:17-19).

Conclusão
Não se esqueça, Jesus multiplicou 05 pães e 02 peixes e alimentou mais de 5.000 homens. Deus mandou o maná e sustentou o seu povo no deserto durante 40 anos.Que Deus Abençoe a Todos Pr.Antonio Marques

MEDITAÇÃO DO DIA



Versículo Especial“E quem não toma a sua cruz e vem após mim não é digno de mim” (Mateus 10:38).  

Pensamento Bíblico: Tomando Nossas Cruzes  (Mateus 10:34-39). As exigências do discipulado são muitas vezes difíceis e divididas. Se nosso amor por qualquer coisa--incluindo a família e nossas próprias vidas--excede nossa devoção ao Senhor, não somos dignos de ser chamados seu povo. Temos que pesar cuidadosamente nossas prioridades e afeições e determinar que nada--e ninguém--se interporá entre nós e o Senhor.  

Ação: Avalie suas lealdades. Certifique-se de que Jesus vem em primeiro lugar, sem pensar no que isto custará, nesta vida.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...