31 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 7:32-39; Tiago 1:19-27; Salmo 105:23-45; Provérbios 26:1-6; Miquéias 1-3.  

Versículo Especial: “Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” (Tiago 1:22).  

Pensamento Bíblico: “Tornai-vos, Pois, Praticantes da Palavra” (Tiago 1:21-27). O mundo está cheio de pessoas que falam muito sobre idéias, mas nunca se mexem para mudar suas vidas. Tiago reconheceu que as igrejas também podem ficar cheias de tais pessoas. Ele adverte sobre aqueles que saem de um lugar de adoração elogiando um “bom sermão”, mas que passam a semana sem aplicar essa mensagem. O evangelho tem como mudar-nos de dentro para fora!  

Ação: Seja um praticante e não somente um ouvinte.

30 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 7:25-31; Tiago 1:12-18; Salmo 105:1-22; Provérbios 25:21-28; Jonas 3-4. 

Versículo Especial: “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança” (Tiago 1:17).  

Pensamento BíblicoUm Pregador com Má Atitude (Jonas 3-4). Levando em conta o número dos que aceitaram, Jonas foi um dos mais bem sucedidos pregadores de todos os tempos. A grande cidade de Nínive, do rei ao servo, arrependeu-se quando ele pregou. Mas Jonas de tal maneira desprezava os ninivitas, que ele estava aborrecido porque Deus não os destruía. A repreensão que Deus deu a Jonas mostra que ele cuida dos perdidos em volta de nós. Nós cuidamos deles?  

Ação: Partilhe o evangelho, porque você ama a Deus e às pessoas.

28 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 7:1-9; Hebreus 13:17-25; Salmo 104:1-15; Provérbios 25:8-14; Obadias.  

Versículo Especial“Se te remontares como águia e puseres o teu ninho entre as estrelas, de lá te derribarei, diz o Senhor” (Obadias 4).  

Pensamento Bíblico: “De Lá Te Derribarei” (Obadias 2-4). O livro de Obadias é um anúncio breve e direto do julgamento da nação de Edom. Esta vizinha de Israel foi condenada por diversas razões, a principal das quais foi sua orgulhosa glorificação de si mesma. Deus sempre desprezou a arrogância e o orgulho, seja este mostrado por indivíduos ou nações inteiras.  

Ação: Não se deixe enganar pelo orgulho. Tente ver-se como Deus o vê.ar

25 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 6:41-51; Hebreus 12:1-17; Salmo 102:1-17; Provérbios 24:23-27; Amós 4-5.  

Versículo Especial: “Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e de pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta” (Hebreus 12:1).  

Pensamento Bíblico: “Desembaraçando-nos De Todo Peso” (Hebreus 12:1). Antigos exemplos de fé estão registrados para nos desafiar e encorajar. Eles nos relembram que podemos vencer obstáculos, quando corremos para a vitória em Jesus. Para gozarmos a vitória, temos que abandonar o pecado e mostrar esforço e resistência.  

Ação: Não desista. Corra com perseverança.

24 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 6:28-40; Hebreus 11:30-40; Salmo 101; Provérbios 24:19-22; Amós 1-3.  

Versículo Especial“Longe de mim o coração perverso; não quero conhecer o mal” (Salmo 101:4).  

Pensamento Bíblico: “Não Porei Cousa Injusta Diante dos Meus Olhos” (Salmo 101). As palavras de Davi refletem a determinação do rei de Israel em ser puro e justo na execução de seus deveres. Elas também nos convidam a sustentar o bem e a opor-nos ao mal. Quando escolhemos nossas associações e divertimentos, precisamos rejeitar a impiedade e a perversidade tão comuns nesta sociedade corrupta. Temos que determinar sermos puros: não pôr nada injusto diante de nossos olhos.  

Ação: Medite em coisas que são boas e puras.


23 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 6:22-27; Hebreus 11:17-29; Salmo 100; Provérbios 24:13-18; Joel 1-3.  

Versículo Especial: “Servi ao Senhor com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico” (Salmo 100:2).  

Pensamento BíblicoA Fé de Moisés (Hebreus 11:23-29). Podemos aprender com os sinais da fé de Moisés:  
   Ele desistiu voluntariamente dos prazeres passageiros do pecado.
   Ele buscava coisas espirituais, em vez das coisas carnais.
   Ele mantinha seus olhos na meta prometida por Deus.
   Ele confiava que o poder de Deus era superior ao do rei.
   Ele arriscou a vida para servir a Deus.  

Ação: Imite a fé forte de Moisés.

21 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 6:1-14; Hebreus 11:1-7; Salmo 98; Provérbios 24:1-6; Oséias 10-12.  

Versículo Especial: “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam” (Hebreus 11:6).  

Pensamento Bíblico“Galardoador dos Que o Buscam” (Hebreus 11:6). A fé é essencial para a salvação. Outras passagens salientam em Quem deve ser posta a fé: Jesus Cristo (veja João 8:24). Hebreus 11 ressalta as características da fé que salva. Deus recompensa aqueles que, “o buscam”. Os exemplos neste capítulo chamam a atenção para a necessidade de se ter uma fé ativa e obediente.  

Ação: Esforce-se na procura de Deus. 

20 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 5:31-47; Hebreus 10:26-39; Salmo 97; Provérbios 23:29-35; Oséias 7-9.  

Versículo Especial“Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão” (Hebreus 10:35).  

Pensamento BíblicoIsrael de Cabelos Grisalhos (Oséias 7:8-10). Israel (Efraim) estava quase para ser destruído, mas não percebia isso. Deus comparou a nação com: 1) Um bolo não virado, que já está queimando por baixo (como uma panqueca não virada); 2) Um homem muito fraco para a batalha, mas não ciente da sua fraqueza; 3) Um homem cujos cabelos grisalhos revelam sua idade avançada, mas que não vê este sinal de que a morte se aproxima.  

Ação: Você conhece pessoas ignorantes do fim que se aproxima. Diga-lhes a verdade antes que seja muito tarde!

19 de outubro de 2012

MENSAGEM PARA O SEU CORAÇÃO


Acumulando tesouros no céu 
Em Mateus 6:19-20 o Senhor diz: “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde os ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu...”. Olha só que ensino surpreendente esse! O Senhor esta dizendo que eu ou você podemos passar nossa vida trabalhando para conseguir uma das duas coisas: Um tesouro que vale muito, ou, um tesouro que não vale nada!
Entretanto eu me pergunto: Como é que alguém poderia entre duas escolhas ficar com a pior? O que levaria um homem ou uma mulher sadios da mente fazer a pior escolha e dedicar sua vida inteira para consegui-la? Gastar o melhor dos seus dias em busca do pior para a sua existência? Francamente – a não ser que a pessoa tenha algum problema mental – isso parece uma coisa impossível de acontecer, pois qualquer pessoa quer o melhor para si. Mas então, qual é a razão desse ensino do Senhor? Acho que o Senhor está nos advertindo contra um poderoso inimigo: o engano. 
O que acontece se uma pessoa pensar que escolheu o melhor enquanto na verdade escolheu o pior? Pense em quantas pessoas já compraram um apartamento – na planta – e concluíram que estavam fazendo o negócio da sua vida. Trabalharam duramente para pagar as prestações. Economizaram. Sonharam. Pense na decepção e amargura delas quando lá na frente descobrem que tudo é uma farsa. A construtora é uma arapuca. O apartamento nunca existiu. Tanto trabalho. Tanto esforço... por uma farsa! Vidas verdadeiramente empenhadas por uma mentira. Pensando que trabalhavam por uma coisa boa, trabalhavam duro por um grande mal. Que poder incrível tem esse tal de engano!!! Usar o melhor de nós para tirar o melhor para ele! 
Talvez essa seja a armadilha contra a qual o Senhor quer nos advertir aqui nesse ensino. Será que sinceridade, esforço e dedicação formam um trio imbatível que nos garanta a salvação? E se, por falta de conhecimento, formos enganados? E se, enquanto acreditamos que estamos trabalhando para nossa salvação, estamos – na verdade – trabalhando para nossa perdição eterna?! Terrível!!! Sinceros, mas enganados! Fervorosos, mas enganados! Dedicados, mas enganados! 
Como ter certeza? Qual a fonte segura? A igreja que frequento? Pregadores que ouço? Artigos como esse? Jesus dá a resposta: “Jesus, porém, lhes respondeu: Errais, não conhecendo as Escrituras ...” (Mateus 22:29). Essa é a resposta. O conhecimento das Escrituras pode nos livrar dos enganos. É por acreditar nos sentimentos e não na verdade que somos enganados. Jacó trabalhou sete anos para ter Raquel como esposa, mas sem saber trabalhava esforçadamente a cada dia para se casar com Lia. Pensando que trabalhava para ter Raquel, sem saber trabalhava para ter Lia. 
Quantas pessoas fervorosas podem estar nessa situação hoje? Pensando que trabalham para a salvação (tesouros no céu), sem saber trabalham para a perdição (tesouros na terra). Dedicadas. Empenhadas. Amorosas. Evangelizadores. Tantas coisas, que não dá para acreditar que não terão o seu lugar na eternidade ao lado do Senhor. Mas, e se o maldito engano as tiver sob seu controle? E se elas estiverem na mesma situação do pobre Jacó: trabalhando por Lia enquanto pensava que era por Raquel? 
Em Mateus 7:21, Jesus diz muito sobre esse tipo de engano: “Nem todo que me diz Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus; mas aquele que faz a vontade do meu Pai que esta nos céus”. Olha só? Não é a mesma situação? Aquelas pessoas fizeram muita coisa em nome do Senhor – é só continuar lendo Mateus que a gente vê. Mas desgraçadamente foi tudo um grande engano. Apanhadas em uma poderosa armadilha ficaram cegas. E, cegas, rumaram para longe do Senhor enquanto pensavam que estavam indo ao seu encontro. 
Qual é o verdadeiro tesouro então? Como achar um caminho certo e seguro para ele? Paulo responde: “A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo” (Efésios 3:8). Eis aí o mapa do verdadeiro tesouro: o evangelho da salvação. Confie sua vida a ele e seja rico em bençãos celestiais! “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo”(Efésios 1:3).
(–por Pedro de Jesus Barruzi)Que Deus abençoe a todos PR Antonio Marques

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 5:24-30; Hebreus 10:11-25; Salmo 96; Provérbios 23:24-28; Oséias 4-6.  

Versículo Especial: “Pois misericórdia quero, e não sacrifício, e o conhecimento de Deus, mais do que holocaustos” (Oséias 6:6).  

Pensamento Bíblico: Arrependimento Insincero (Oséias 5:15-6:6). Deus chamou Israel para que o procurasse esforçadamente, reconhecendo a severidade de seus crimes (5:15). Sua resposta foi um meio arrependimento, e disseram: “depois de dois dias nos revigorará” (6:1-3). Deus não estava satisfeito. Ele comparou a fidelidade deles com uma nuvem da manhã ou o orvalho da madrugada, que desaparecem rapidamente (6:4-5). O que Deus queria? Ele desejava obediência do coração, em vez dos sacrifícios da desculpa (6:6).  

Ação: Dê seu coração a Deus. Ele prefere a obediência à desculpa.

18 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 5:16-23; Hebreus 10:1-10; Salmo 95; Provérbios 23:19-23; Oséias 1-3.  

Versículo Especial: “Nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas” (Hebreus 10:10).  

Pensamento Bíblico: “Fazendo-se Igual a Deus” (João 5:17-23). Em diversas ocasiões, os judeus acusaram Jesus de blasfêmia. Sua referência a Deus como seu Pai era claramente entendida como uma declaração de divindade. Em vez de negar sua conclusão, Jesus acrescentou lenha à fogueira, reafirmando esta sua declaração várias vezes, concluindo que “quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou”. Jesus declarou ser Deus!                       

Ação: Honre o Pai e seu Filho.

17 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 5:1-15; Hebreus 9:23-28; Salmo 94:12-23; Provérbios 23:13-18; Daniel 11-12.  

Versículo Especial: “Assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação” (Hebreus 9:28).  

Pensamento BíblicoCópias das Coisas Celestiais (Hebreus 9:23-28). Os móveis do tabernáculo do Velho Testamento eram cópias das coisas do céu. O propiciatório e seus querubins representavam o trono de Deus e seus querubins (veja Ezequiel 1, 10). O incenso representava as orações oferecidas a Deus (veja Apocalipse 5:8). Hoje em dia, a igreja é o templo de Deus (1 Coríntios 3:16,17). Quando outras pessoas nos vêem, deveriam estar tendo um vislumbre do céu!  

Ação: Ofereça o “incenso” de suas orações a Deus.

16 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 4:46-54; Hebreus 9:11-22; Salmo 94:1-11; Provérbios 23:6-12; Daniel 9-10.  

Versículo Especial: “Muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo!” (Hebreus 9:14).  

Pensamento BíblicoPalavras Poderosas (João 4:46-54). Sempre ouvimos dizer que “conversa é coisa barata”. As palavras de Jesus, contudo, trazem consigo grande valor e poder. Ele falou, e o filho do oficial do rei ficou curado. Em outras ocasiões, ele falou e o pecado foi perdoado. Ele falou e o mundo foi criado. Quando ele nos fala, nas escrituras, podemos deixar de ouvir?  

Ação: Ouça a autoridade da voz de Jesus.

15 de outubro de 2012

REFLEXÃO DA SEMANA

A carroça 
Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no
bosque e eu aceitei com prazer. Ele se deteve numa clareira e depois de um
pequeno silêncio me perguntou:
- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo, disse meu pai, é uma carroça vazia...
Perguntei ao meu pai:
Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia por
causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.
Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa:
falando demais, gritando (no sentido de intimidar), tratando o próximo com
grossura inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de todo mundo e,
querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta,
Tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo:
"Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz..." 
Autor Desconhecido

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 4:39-45; Hebreus 9:1-10; Salmo 93; Provérbios 23:1-5; Daniel 7-8.  

Versículo Especial“Porventura, fitarás os olhos naquilo que não é nada? Pois, certamente, a riqueza fará para si asas, como a águia que voa pelos céus” (Provérbios 23:5).  

Pensamento Bíblico“Nós Mesmos Temos Ouvido” (João 4:39-45). Muitos dos samaritanos creram em Jesus, e a base de sua fé foi explicada em termos interessantes. As palavras da mulher que o havia encontrado junto ao poço levaram-os a ouvir Jesus. Eles creram, porque eles mesmos o ouviram.  
A fé não é um conhecimento de segunda mão. Temos que ouvir a palavra de Deus para chegar a nossas próprias conclusões sobre Jesus. Pais devotos podem apontar-nos a Jesus. Isto é bom e certo, mas nossa fé tem que ser mais do que uma continuação da tradição familiar. A Bíblia nunca fala dos netos de Deus. Temos que chegar a conhecê-lo por nós mesmos, como seus filhos e filhas.  

Ação: Estude a Bíblia. Aprenda sobre Deus por você mesmo.

14 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 4:27-38; Hebreus 8; Salmo 92; Provérbios 22:22-29; Daniel 5-6.  

Versículo Especial: “Ele livra, e salva, e faz sinais e maravilhas no céu e na terra; foi ele quem livrou a Daniel do poder dos leões” (Daniel 6:27).  

Pensamento Bíblico: Um Homem Idoso Mostra Fé (Daniel 6). No princípio do domínio dos persas, um homem foi atirado aos leões, por causa de sua fé. Esse homem havia mostrado convicção corajosa cedo em sua vida, mas agora estava em idade avançada (provavelmente mais de 80 anos). Sua força física talvez tinha diminuído, mas a força espiritual de Daniel não se abalara. Certamente, sua fé era justificada. Deus não abandonou a Daniel.  

Ação: Seja você jovem ou velho, viva pela fé.

13 de outubro de 2012

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO

 
Vivendo por Sã Doutrina: Tito 2:1-15

Paulo instruiu Tito, no capítulo um, a auxiliar as igrejas da ilha de Creta a identificar e escolher presbíteros. Uma das responsabilidades de tais homens seria confrontar indivíduos que estavam desencaminhando outros pelos seus ensinamentos de fábulas judaizantes e mandamentos dos homens. Enquanto essas pessoas professavam que “conheciam” Deus, elas negavam sua própria afirmação por sua desobediência (1:10-16). Agora, no capítulo 2, Paulo ordena a Tito que ensine, em contraste, como as pessoas devem comportar-se. Ele se refere a este tipo de ensinamento como “sã doutrina” porque, se seguida, ela levará os cristãos a manterem a saúde espiritual.

Paulo aborda a conduta e as responsabilidades dos cristãos nas bases de idade, sexo e emprego. Primeiro, ele descreve o papel dos mais velhos, e então das mais velhas (2:2-3). Ele esmiuça as responsabilidades das mulheres mais jovens observando que as mulheres mais velhas deveriam ensiná-las (2:4-5). A seguir, ele passa aos moços em geral no versículo 6 e a Tito especialmente no versículo 7. Finalmente, ele conclui esta parte descrevendo a conduta apropriada dos servos (2:9-10). Ainda que suas instruções dadas a um grupo obviamente não sejam totalmente diferentes daquelas dadas a outro grupo, Paulo aborda necessidades específicas e tentações dos vários grupos (por exemplo, roubo entre servos, falta de submissão entre viúvas, integridade entre jovens; 2:5,7,10).

Um motivo forte para se comportarem de acordo com a sã doutrina era evitar qualquer ocasião para os incrédulos acusarem os discípulos de impiedade (2:5, 8). Em vez de fazerem com que a palavra de Deus fosse difamada pela conduta pecaminosa, os cristãos poderiam “adornar” a doutrina de Cristo através de sua obediência (2:10).

Paulo continua observando em geral por que os cristãos deveriam viver de acordo com a sã doutrina (2:11-14). Deus demonstrou sua graça para com a humanidade enviando seu Filho para morrer na cruz. Jesus morreu para redimir os homens de sua iniqüidade, assim provendo para ele próprio um povo especial purificado e zeloso das boas obras (veja Efésios 5:25-27). A mensagem do evangelho é que podemos tornar-nos parte deste povo especial se quisermos deixar a impiedade e as paixões pecaminosas do mundo e viver de acordo com a sã doutrina.

Perguntas para Estudar:
1. Como Paulo descreveu a doutrina que Tito deveria ensinar (2:1)?
2. A quem as mulher mais velhas deveriam ensinar?
3. De acordo com 2:14, porque Jesus deu sua vida na cruz?
4. Qual deveria ser a atitude do povo de Deus para com as boas obras?
(-por Allen Dvorak) Que Deus  Abençoe a Todos Pr Antonio Marques

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 4:16-26; Hebreus 7:20-28; Salmo 91; Provérbios 22:17-21; Daniel 3-4.  

Versículo Especial: “Tu, porém, Senhor, não te afastes de mim; força minha, apressa-te em socorrer-me” (Salmo 22:19).  

Pensamento Bíblico: “O Altíssimo Tem Domínio Sobre o Reino dos Homens”  (Daniel 4:17). Este capítulo descreve a desagradável humilhação do homem mais poderoso do mundo. Nabucodonosor, que freqüentemente se atribuiu o mérito pelo progresso do império babilônico, aprendeu que Deus domina (vs. 34-37). Deus ainda domina os reinos dos homens (veja Romanos 13:1; Apocalipse 1:5). As pessoas que hoje, arrogantemente, desrespeitam seu domínio, também serão humilhadas (veja Filipenses 2:9-11).  
Ação: Honre aquele que domina tudo.

12 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 4:1-15; Hebreus 7:11-19; Salmo 90; Provérbios 22:11-16; Daniel 1-2.  

Versículo Especial: “Disse Daniel: Seja bendito o nome de Deus, de eternidade a eternidade, porque dele é a sabedoria e o poder”(Daniel 2:20).  

Pensamento Bíblico“Resolveu Daniel, Firmemente, Não Contaminar-se” (Daniel 1:8). Quatro jovens, deportados a força de sua pátria por um inimigo poderoso, agora seriam treinados para o serviço do rei. Ainda que eles estivessem longe do lar e claramente dominados, estes homens tiveram a coragem de conservar suas convicções. Eles se recusaram a serem contaminados pela comida do rei. O resultado? Deus os abençoou acima dos outros, e colocou Daniel em posições de poder por 70 anos ou mais.  

Ação: Mostre sua coragem sendo fiel a suas convicções.

10 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA

 
Leituras: João 3:9-21; Hebreus 6:9-20; Salmo 89:19-37; Provérbios 22:1-5; Ezequiel 45-46.  

Versículo Especial“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).  

Pensamento Bíblico“Os Homens Amaram Mais as Trevas do Que a Luz” (João 3:19). Jesus foi pessoalmente rejeitado por seu próprio povo (veja João 1:11). Ele continua a ser rejeitado pela maioria das pessoas (veja Mateus 7:13-14). Por quê? Porque muitas pessoas amam a escuridão. Escuridão, ignorância e incerteza subjetiva permitem uma  sensação falsa de liberdade. Luz, conhecimento e aceitação da objetiva verdade revelada é que dão a verdadeira liberdade. Esta liberdade é a que Jesus oferece (veja João 8:32).  

Ação: Escolha a liberdade real. Escolha seguir a Jesus.

9 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 3:1-8; Hebreus 6:1-8; Salmo 89:1-18; Provérbios 21:25-31; Ezequiel 43-44.  

Versículo Especial“A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (João 3:3).  

Pensamento Bíblico: Comunhão com Deus (João 3:1-8; Hebreus 6:1-8; Ezequiel 43:1-9). Estas passagens ensinam lições importantes sobre a comunhão com Deus:  
   Para entrar em sua comunhão, temos que renascer (João 3).
   Temos que nos resguardar de cair (Hebreus 6).
   Assim como Deus perdoou Judá e voltou ao seu templo, ele voltará a nós, se aceitarmos suas condições (Ezequiel 43; veja Tiago 5:15-20; 1 João 1:9).  

Ação: Examine-se. Você está em comunhão com Deus?

8 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 2:13-25; Hebreus 5; Salmo 88; Provérbios 21:19-24; Ezequiel 41-42.  

Versículo Especial“E, tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem” (Hebreus 5:9).  

Pensamento BíblicoDe Leite a Carne (Hebreus 5:12-14). Deus espera que cresçamos. Os  novos cristãos são crianças espirituais com o potencial para crescer muito depressa. Quando deixamos de crescer, Deus fica desapontado, e com razão. Temos que progredir além dos conhecimentos básicos, para poder ensinar a outros.  
Como desenvolvemos tal conhecimento e habilidade? Como podemos progredir além do leite para digerir à carne? “Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal” (v. 14).    
Você está aproveitando suas habilidades espirituais?  

Ação: Estude e aplique a palavra de Deus. Esta é a saída da nossa infância espiritual.

6 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 1:43-51; Hebreus 4:1-10; Salmo 86; Provérbios 21:7-12; Ezequiel 38-39.  

Versículo Especial“Portanto, resta um repouso para o povo de Deus” (Hebreus 4:9).  

Pensamento Bíblico: O Descanso Espera o Fiel (Hebreus 4:1-10). A Bíblia oferece vários vislumbres do céu. É um lugar de delícia infindável, de contínuo louvor a Deus, etc. Aqui, somos lembrados de que esse é um lugar de descanso preparado para aqueles que forem fiéis até o fim. O serviço do Senhor nesta vida nem sempre é fácil. Somos desafiados, contudo, a seguirmos em frente na confiança de uma recompensa eterna. Os ímpios não têm tal descanso (veja Apocalipse 14:11-13).  

Ação: Trabalhe esforçadamente hoje. A oportunidade para o descanso está chegando!

2 de outubro de 2012

MEDITAÇÃO DO DIA


Leituras: João 1:1-13; Hebreus 1; Salmo 81; Provérbios 20:7-12; Ezequiel 28-29.  

Versículo Especial“Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem” (Ezequiel 28:17).  

Pensamento BíblicoConseqüência da Auto-Exaltação (Ezequiel 28:1-19). Diversos dos livros proféticos do Velho Testamento incluem trechos com pronunciamentos relativos a várias nações. Estes julgamentos nos ajudam a ver as características que Deus deseja e as que ele despreza. Tiro foi uma cidade próspera, que se desenvolveu pelo comércio marítimo. Em vez de ser grato pelas bênçãos de Deus, o rei de Tiro era orgulhoso e egoísta. Ele pensava que prosperava por causa de sua própria grandeza, deixando de reconhecer que tudo o que ele tinha era dádiva de Deus. O orgulho de Tiro causou a sua queda. A cidade que tinha glorificado a si mesma foi humilhada por Deus. Esta é uma lição importante.  

Ação: Pense nas suas bênçãos: prosperidade, capacidade, etc. Agradeça a Deus por, generosamente, lhe ter dado tanto.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...