31 de agosto de 2014

REFLEXÃO DA SEMANA

Em busca da felicidade 
Passamos a vida em busca da felicidade.
Procurando o tesouro escondido.
E, assim, uns fogem de casa para serem felizes.
Outros fogem para casa em busca da felicidade.
Uns se casam pensando em serem felizes.
Outros se divorciam para serem felizes.
Uns desejam viver sozinhos para serem felizes.
Outros desejam possuir uma grande família a fim de serem felizes.
Uns fazem viagens caríssimas buscando serem felizes.
Outros trabalham além do normal buscando a felicidade.
Uns desejam ser profissionais liberais
para comandar a sua própria vida e poder serem felizes.
Outros desejam ser empregados
para ter a certeza do salário no final do mês e,
assim, poderem ser felizes.
Outros, ainda,
desejam trabalhar por comissão,
assegurando que o seu esforço
se transforme em melhor remuneração
e assim serem felizes.
É uma busca infinita.
Anos desperdiçados.
Nunca a lua está ao alcance da mão.
Nunca o fruto está maduro.
Nunca o carinho recebido é suficiente.
Mas, há uma forma melhor de viver!
A partir do momento em que decidirmos sermos felizes,
nossa busca da felicidade chegou ao fim.
É que percebemos que a felicidade
não está na riqueza material,
na casa nova,
no carro novo,
naquela carreira,
naquela pessoa.
E jamais está à venda.
Quando não conseguimos achar satisfação dentro de nós mesmos,
é inútil procurar em outra parte.
Sempre que dependemos de fatores externos para ter alegria,
estamos fadados à decepção.
A felicidade não se encontra nas coisas exteriores.
A felicidade consiste na satisfação com o que temos e com o que não temos.
Poucas coisas são necessárias para fazer o homem sábio feliz,
ao mesmo tempo em que nenhuma fortuna satisfaz a um inconformado.
As necessidades de cada um de nós são poucas.
Enquanto nós tivermos algo a fazer,
alguém para amar,
alguma coisa para esperar,
seremos felizes.
Tenhamos certeza:
A única fonte de felicidade está dentro de nós,
e deve ser repartida.
Repartir nossas alegrias
é como espalhar perfumes sobre os outros:
Sempre algumas gotas acabam caindo sobre nós mesmos.
Se chover, seja feliz com a chuva que molha os campos,
varre as ruas e limpa a atmosfera.
Se fizer sol, aproveite o calor.
Se houver flores em seu jardim,
aproveite o perfume.
Se tudo estiver seco,
aproveite para colocar as mãos na terra,
plantar sementes e aguardar a floração.
"O TEMPO É MUITO LENTO PARA OS QUE ESPERAM.
MUITO RÁPIDO PARA OS QUE TÊM MEDO.
MUITO LONGO PARA OS QUE LAMENTAM
MUITO CURTO PARA OS QUE FESTEJAM
MAS PARA OS QUE AMAM O TEMPO É ETERNIDADE. 

Autor desconhecido

VERSICULOS DO DIA

Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido. Isaías 53:8
¶ Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito; 1 Pedro 3:18

MEDITAÇÃO DO DIA

31 de agosto Dia 243  

Leituras: Lucas 18:31-43; 2 Tessalonicenses 2:1-12; Salmo 55; Provérbios 14:1-8; Jeremias 21-22.  

Versículo Especial“Confia os teus cuidados ao Senhor, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado” (Salmo 55:22).  

Pensamento BíblicoAcolheram o Amor da Verdade (2 Tessalonicenses 2:9-12). Satanás trabalha ativamente para enganar e muitos caem nas presas de suas tramas. Estes versículos nos relembram as defesas essenciais contra os seus enganos:  
   Temos que crer na verdade (versículo 12).
   Temos que amar a verdade (versículo 10).  
Este amor nos levará a estudar com respeito por Deus e determinação de aprender sua vontade. O verdadeiro amor nos motivará a pôr o conhecimento em prática.  

Ação: Cultive seu amor da verdade.

30 de agosto de 2014

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO

Um foco familiar

No princípio, quando Deus fez o homem, Adão estava sozinho. Diferentes de todos os animais que tinham companheiros, o homem estava sem uma companheira idônea. Foi o Criador que disse, “Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea” (Gênesis 2:18). Esta declaração afirma o fato de que o homem, sendo um criatura social, precisa de uma companheira – ele precisa de relacionamentos. E, por este motivo, Deus criou a família. Ele criou a mulher para que o homem e sua esposa, no casamento, pudessem ser uma família – uma família que podia se expandir e crescer com o acréscimo de filhos.
Agora quero que observe que Deus não criou um “amiguinho” para o homem “passar o tempo” com ele; ele não colocou Adão com um grupo de amigos que na verdade não tinham nenhum parentesco com ele. Deus colocou o homem num relacionamento mais íntimo – um relacionamento com uma mulher que podia ser osso dos seus ossos e carne da sua carne (Gênesis 2:23)! Ele colocou o homem num relacionamento familiar! Isso deixa claro que, na visão de Deus, a unidade mais fundamental de todos os relacionamentos humanos é a “família”. A família é crucial para a saúde e para o bem estar! O fato é que as pessoas que, infelizmente, não têm família estão perdendo algo de importância vital.
Isso pode facilmente ser um dos motivos que Deus organizou a igreja para ser como uma família – não só porque é um ótimo padrão para relacionamentos espirituais – mas também porque a igreja pode suprir a necessidade de ter uma família para aqueles cristãos que infelizmente não têm mais uma família.
O que estou tentando nos fazer enxergar é a prioridade da família! A família deve ser prioridade máxima sobre todos os relacionamentos humanos! Não, nossa família não vem antes de Deus! Mas nossa família vem antes de todos os outros relacionamentos humanos! A família é mais importante do que nosso relacionamento comos vizinhos, ou com nosso patrão ou até mesmo com amigos! A família, depois de Deus, tem que ter a prioridade máxima, e os cristãos que reconhecem isso terão foco familiar.
Infelizmente vivemos numa sociedade agitada cuja tendência é nos mandar em direções diferentes uns dos outros – longe da família. Cada indivíduo dentro das nossas famílias geralmente tem suas próprias atividades independentes que o levem para longe de casa. Freqüentemente, em vez de tentar achar coisas que nos unem como uma família, achamos coisas que nos separam. Fazemos viagens separados e gostamos de tipos diferentes de lazer. Cônjuges (principalmente os maridos) querem ficar longe de casa, e os filhos apenas querem passar tempo com os amigos. A maioria das famílias passam mais tempo separada do que junta. Nós nem queremos sentar juntos no culto.
Agora, acho tudo isso, até certo ponto, pode não ter problema; mas quando se torna a regra, e não a exceção, tem que haver um problema. Os pais, por exemplo, têm uma responsabilidade grande de criar os filhos “na disciplina e na admoestação do Senhor” (Efésios 6:4). Mas como isso pode ser feito quando nossos filhos sempre estão longe de nós, sendo influenciados por outros – freqüentemente pelo mundo? E deixe eu te falar, se seus filhos sente-se mais confortáveis estando longe de casa – se preferem passar tempo longe da família do que com a família – então alguma coisa está errada! E isso tem que mudar! Precisamos descobrir o que está tão errado e corrigir essas falhas, para que possamos ter o tipo de família que Deus quer que tenhamos.
Se vamos construir famílias melhores, precisamos desenvolver um foco familiar mais forte! Precisamos ver a prioridade da família, nos focalizar em ser uma família e começar a viver como uma família. E se apenas fizermos isso, então, talvez começaremos a ter lares melhores. O que você acha?
(–por Rick Liggin) Que Deus Abençoe a Todos Pastor Antonio Marques

VERSICULOS DO DIA

E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.Gênesis 12:3
E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa. Gálatas 3:29

MEDITAÇÃO DO DIA

30 de agosto Dia 242  

Leituras: Lucas 18:18-30; 2 Tessalonicenses 1; Salmo 54; Provérbios 13:20-25; Jeremias 19-20.  

Versículo Especial“Escuta, ó Deus, a minha oração, dá ouvidos às palavras da minha boca” (Salmo 54:2).  

Pensamento BíblicoFogo em Seus Ossos (Jeremias 20:7-11). Jeremias estava agoniado por causa do peso de sua carga profética. Ele tinha proclamado a verdade, o que lhe resultou em perigo pessoal. Jeremias reagiu como muitos o fazem hoje em dia: decidiu que era duro demais. Ele deixou de ensinar a palavra de Deus (versículos 7-9). Porém ele não podia ficar calado. A palavra tinha que sair, de modo que ele falou novamente, sabendo como isso seria muito difícil. Ele depositou confiança no Deus magnífico e todo-poderoso e voltou ao trabalho.  

Ação: Não se contenha. Partilhe o evangelho com o mundo.


29 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá.Ezequiel 18:4
Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste. João 17:2

MEDITAÇÃO DO DIA

29 de agosto Dia 241  

Leituras: Lucas 18:9-17; 1 Tessalonicenses 5:12-28; Salmo 53; Provérbios 13:13-19; Jeremias 17-18.  

Versículo Especial“Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor” (Jeremias 17:7).  

Pensamento Bíblico: Nações de Argila nas Mãos do Oleiro  (Jeremias 18:1-11). Ao apelar a Judá para se arrepender, Deus permite-nos entender seu domínio sobre o destino das nações. Dois pontos são particularmente claros: 
   Deus determina se nações vão se levantar ou cair, e
   O resultado pode ser mudado se a conduta da nação mudar.  
O que aprenderemos? Veja Provérbios 14:34.    

Ação: Obedeça a Deus. Sua obediência é crucial para se salvar e até para salvar nações inteiras da destruição.

28 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

Pois tu, Senhor, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo. Salmos 5:12
Tenho-vos dito isto, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo. João 15:11

MEDITAÇÃO DO DIA

28 de agosto Dia 240  

Leituras: Lucas 18:1-8; 1 Tessalonicenses 5:1-11; Salmo 52; Provérbios 13:7-12; Jeremias 15-16.  

Versículo Especial“Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificai-vos reciprocamente, como também estais fazendo” (1 Tessalonicenses 5:11).  

Pensamento Bíblico“Como Ladrão de Noite” (1 Tessalonicenses 5:1-11). A volta de Cristo será súbita e sem aviso. Paulo nos instrui, portanto, para estarmos preparados todo o tempo. Nossas vidas não devem ser preenchidas por obras da escuridão. Em vez disso, devemos andar na luz, para podermos enfrentar o Senhor sem medo. A volta de Cristo será um dia de angústia para os ímpios, e um dia de glória para os fiéis.  

Ação: “Assim, pois, não durmamos como os demais; pelo contrário, vigiemos e sejamos sóbrios” (1 Tessalonicenses 5:6).

27 de agosto de 2014

MEDITAÇÃO DO DIA

¶ E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto. Gênesis 1:31
Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.Apocalipse 4:11

MEDITAÇÃO DO DIA

27 de agosto Dia 239  

Leituras: Lucas 17:20-37; 1 Tessalonicenses 4:9-18; Salmo 51; Provérbios 13:1-6; Jeremias 13-14.  

Versículo Especial“Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro em mim um espírito inabalável” (Salmo 51:10).  

Pensamento BíblicoFalsos Profetas Oferecem Conforto aos Condenados (Jeremias 14:13-16). Jeremias estava em guerra para salvar sua nação. Judá estava indo rapidamente em direção a sua ruína, e pregadores estavam proclamando doutrinas conflitantes. Jeremias falava a verdade. Ele falou ao povo sobre a destruição que se aproximava por causa de sua persistência no pecado. Muitos outros falavam mentiras. Eles asseguravam o povo de que nenhum desses terrores apareceria. Eles lhes diziam que Deus estava satisfeito com o seu comportamento e não haveria de puni-los. Eles mentiam. Jeremias estava certo. Deus, de fato, destruiu esta nação infiel naquela geração. Infelizmente, muitos pregadores hoje imitam estes falsos profetas. Necessitamos de homens com a integridade de Jeremias!  

Ação: Teste os mestres. Rejeite as palavras dos falsos profetas que aprovam e encorajam o pecado.

26 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

Responde-me, Senhor, responde-me, para que este povo conheça que tu és o Senhor Deus, e que tu fizeste voltar o seu coração. 1 Reis 18:37
O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Gálatas 1:7

MEDITAÇÃO DO DIA

26 de agosto Dia 238  

Leituras: Lucas 17:11-19; 1 Tessalonicenses 4:1-8; Salmo 50; Provérbios 12:23-28; Jeremias 11-12.  

Versículo Especial:  O que me oferece sacrifício de ações de graças, esse me glorificará; e ao que prepara o seu caminho, dar-lhe-ei que veja a salvação de Deus” (Salmo 50:23).  

Pensamento BíblicoAdore o Senhor com Gratidão (Lucas 17:11-19). Esta história da cura de dez leprosos deveria dar a todos os cristãos uma oportunidade para se examinarem. Jesus limpou-nos de uma coisa muito mais mortífera do que a lepra. Somos em nossas vidas como os nove, que se foram e não voltaram? Nossa gratidão pela salvação do pecado tem que nos motivar a glorificar a Deus, em adoração contínua.  

Ação: Adore o Deus que nos limpa do pecado. Mostre sua gratidão pela maneira como você aproveita o dia de hoje.

25 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

Por este menino orava eu; e o Senhor atendeu à minha petição, que eu lhe tinha feito. 1 Samuel 1:27
¶ Porque, quem te faz diferente? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te glorias, como se não o houveras recebido? 1 Coríntios 4:7

MEDITAÇÃO DO DIA

25 de agosto Dia 237  

Leituras: Lucas 17:1-10; 1 Tessalonicenses 3; Salmo 49; Provérbios 12:17-22; Jeremias 9-10.  

Versículo Especial“Eu sei, ó Senhor, que não cabe ao homem determinar o seu caminho, nem ao que caminha o dirigir os seus passos”(Jeremias 10:23).  

Pensamento BíblicoO Homem não Pode Dirigir Seus Próprios Passos (Jeremias 10:23-24). A resposta da Bíblia para as filosofias humanas é clara: não dão certo! Quando as pessoas procuram explicar sua existência e propósito sem Deus, elas terminam com incontáveis perguntas e nenhuma resposta satisfatória. Em vez de nos voltarmos para filosofias pomposas, precisamos voltar-nos para Deus, para dizer: “Castiga-me, ó Senhor, mas em justa medida.”  

Ação: Encontre seu propósito de vida na palavra de Deus.

24 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

O Senhor reinará eterna e perpetuamente; Êxodo 15:18
Disse-lhe, pois, Pilatos: Logo tu és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz. João 18:37

MEDITAÇÃO DO DIA

24 de agosto Dia 236  

Leituras: Lucas 16:19-31; 1 Tessalonicenses 2:13-20; Salmo 48; Provérbios 12:12-16; Jeremias 7-8.  

Versículo Especial“Que este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre; ele será nosso guia até à morte” (Salmo 48:14).  

Pensamento BíblicoSe Eles Não Ouvem . . . (Lucas 16:19-31). A história do homem rico e Lázaro demonstra as conseqüências de nossas escolhas na vida. A troca final de palavras entre o homem condenado (rico?) e Abraão também nos recorda o poder e suficiência da palavra de Deus. Abraão diz que não adianta mandar um mensageiro do túmulo para contar os fatos sobre a eternidade. A palavra revelada de Deus, ele insiste, é suficiente.  

Ação: Ouça a palavra de Deus enquanto é tempo!

22 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

Eu, o Senhor, a guardo, e cada momento a regarei; para que ninguém lhe faça dano, de noite e de dia a guardarei. Isaías 27:3
Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. João 15:2

MEDITAÇÃO DO DIA

22 de agosto Dia 234  

Leituras: Lucas 16:1-13; 1 Tessalonicenses 1; Salmo 46; Provérbios 12:1-6; Jeremias 3-4.  

Versículo Especial“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações” (Salmo 46:1).  

Pensamento Bíblico: Sendo Fiel no Que é Pouco (Lucas 16:1-13). A parábola do administrador infiel mostra um homem usando os recursos ao seu alcance para se preparar para o futuro. Ela não aprova a desonestidade, mas nos lembra que nós seremos tirados da nossa função, isto é, da posse dos bens materiais. E a lição? Use as “pequenas” coisas, tais como o dinheiro, para servir àquele que proporcionará um lar eterno para os fiéis.  

Ação: Use sua riqueza terrestre para glorificar seu verdadeiro proprietário: Deus.

21 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

Porque eis aqui a pedra que pus diante de Josué; sobre esta pedra única estão sete olhos; eis que eu esculpirei a sua escultura, diz o Senhor dos Exércitos, e tirarei a iniqüidade desta terra num só dia.Zacarias 3:9
E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis. Apocalipse 21:5

MEDITAÇÃO DO DIA

21 de agosto Dia 233  

Leituras: Lucas 15:20-32; Colossenses 4:10-18; Salmo 45; Provérbios 11:27-31; Jeremias 1-2.  

Versículo EspecialO fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas é sábio” (Provérbios 11:30).  

Pensamento BíblicoUm Irmão Ciumento (Lucas 15:20-32). Depois de dispor seu assunto em três parábolas, Jesus agora começa a trabalhar em terreno novo, corrigindo os fariseus que se consideravam justos (veja 15:2). O perdido pode voltar. O Pai e seus servos se alegram quando ele volta. Este irmão mais velho reflete a atitude dos fariseus (e talvez de alguns cristãos?) que se sentiram postos de lado, quando os pecadores vieram a Deus. O ciúme é mortífero!  

Ação: Você conhece pessoas que precisam ser conduzidas de volta ao Senhor. Tente salvar uma hoje!.

20 de agosto de 2014

VERSICULOS DO DIA

Este Daniel, pois, prosperou no reinado de Dario, e no reinado de Ciro, o persa. Daniel 6:28
Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos. 1 João 4:9

MEDITAÇÃO DO DIA

20 de agosto Dia 232  

Leituras: Lucas 15:11-19; Colossenses 4:1-9; Salmo 44; Provérbios 11:22-26; Isaías 64-66.  

Versículo Especial“Perseverai na oração, vigiando com ações de graças” (Colossenses 4:2).  

Pensamento Bíblico: O Filho Perdido (Lucas 15:11-19). Esta é a terceira de uma série de parábolas sobre os perdidos. Três pessoas principais são apresentadas: um pai e dois filhos. Estes versículos chamam a atenção para os maus caminhos do filho mais novo (o pródigo). Pródigo significa gastador, e essa palavra descreve este jovem, quando ele esbanjava os recursos que seu pai havia doado a ele.  
A comparação com este filho é clara. Ele é qualquer pessoa que gasta sua vida e os recursos que Deus lhe deu. O dinheiro se acaba, a vida é jogada fora e não há satisfação duradoura na libertinagem e no pecado. 
Este filho caiu em si e resolveu voltar a seu pai. Quando desgarramos de Deus, precisamos ter a mesma determinação para voltar com humildade.  

Ação: Você está separado de Deus pelo pecado? Volte hoje mesmo!

19 de agosto de 2014

MENSAGEM PARA SEU CORAÇÃO

A Humildade
Uzias tinha somente 16 anos quando seu pai foi assassinado e ele subitamente se tornou rei de Judá, no oitavo século antes de Cristo. A história de seu reinado, que é registrada em 2 Crônicas 26, ensina uma lição poderosa sobre a importância da humildade. Uzias começou bem. Ele respeitava o Senhor e sua palavra, e Deus o abençoou abundantemente. O reino se expandiu e o rei fiel conseguiu dominar seus inimigos de todos os lados. Sua reputação se espalhou a outros países. Uzias se fortaleceu.
Então, tudo mudou. "Mas, havendo-se já fortificado, exaltou-se o seu coração para a sua própria ruína, e cometeu transgressões contra o Senhor, seu Deus, porque entrou no templo do Senhor para queimar incenso no altar do incenso" (2 Crônicas 26:16). Uzias era um homem especialmente escolhido por Deus para conduzir seu povo. Durante muitos anos, Uzias serviu o Senhor fielmente. Porém não estava autorizado a entrar no templo para queimar incenso. Esse papel estava reservado para outros homens escolhidos por Deus, os sacerdotes, que serviam no templo. Uzias, não estando mais contente com o desempenho do papel que Deus lhe havia dado, tentou assumir uma função extra e foi fortemente repreendido por seu erro.
O sacerdote Azarias e 80 outros sacerdotes seguiram Uzias até o templo e desafiaram seu ato presunçoso. Uzias enraiveceu-se e Deus respondeu imediatamente ao seu erro. O rei ficou leproso ali mesmo no templo diante dos olhos dos sacerdotes. Eles imediatamente o atiraram fora do templo, e Uzias correu da casa de Deus, percebendo que o Senhor tinha punido sua arrogância. Seu filho assumiu os negócios do Estado e deixou o leproso Uzias isolado em sua casa pelo resto de sua vida. A vida abençoada de um grande homem foi arruinada por um ato de desobediência. Uzias, como o primeiro rei de Israel (veja Samuel 15:17-23), foi derrubado por seu próprio orgulho.
Humildade:
Fundamental para nossa comunhão com Deus

Quando Jesus pregou o sermão que define o caráter do verdadeiro discípulo, suas palavras iniciais foram diretas ao coração:"Bem aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus" (Mateus 5:3). Ele continuou a pregar durante mais três capítulos, mas muitos ouvintes não o ouviram porque nunca passaram da linha de partida. Mesmo hoje, a maior parte da mensagem do evangelho cai em ouvidos surdos de homens e mulheres arrogantes que não querem mesmo reconhecer a posição de Jesus como Senhor.
Mas Jesus não reduziu os padrões. Ele não abriu uma porta extra para entrarem os arrogantes ou os "quase" humildes. Ele manteve intacto o seu requisito fundamental porque ele reflete a exigência eterna de Deus. Deus nunca aceitou o homem cheio de orgulho que pensava fazer as coisas a seu próprio modo. Ao contrário de toda a sabedoria dos homens carnais, tendentes a adquirir poder e posição, Deus aceita exclusivamente os humildes. Uma geração depois de Uzias, o profeta Miquéias pegou perfeitamente a idéia quando ele citou as palavras de Deus: "Ele te declarou, ó homem, o que é bom e o que é que o Senhor pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus" (Miquéias 6:8). As Escrituras deixam perfeitamente claro que não há  outra maneira de caminhar com Deus. Ou andamos humildemente com nosso Deus, ou não andamos de modo nenhum com ele!
Jesus andou no meio de homens carnais e enfrentou tremendo desafio. Como poderia ele capturar seus corações para moldá -los como os servos humildes que o Pai quer? Não foi uma tarefa fácil. Ele falava freqüentemente de humildade, e mostrava em sua vida de serviço o que significa elevar os outros acima de nós mesmos. Quem poderia exemplificar melhor a humildade voluntária do que o próprio Deus, que deixou sua habitação celestial para servir e mesmo morrer pelos homens pecadores? (Esta é a essência do apelo irresistível de Paulo em Filipenses 2:3-8).
Dois exemplos mostram claramente como Jesus ressaltava a humildade para seus apóstolos. O primeiro está em Mateus 18:1-4. Os apóstolos freqüentemente disputavam entre si sobre a grandeza. Dois deles uma vez foram tão ousados a ponto de pedir que fossem colocados acima de seus colegas no reino. Jesus respondeu à atitude deles chamando uma criança. Enquanto estes homens crescidos olhavam, Jesus começou a pregar um sermão memorável: "Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus" (Mateus 18:3-4).
O segundo exemplo, ainda mais tocante, é registrado em João 13:1-17. Quando se preparavam para partilhar a refeição da Páscoa, Jesus aproveitou o momento para ensinar uma lição necessária. Os apóstolos jamais esqueceriam esta noite, e Jesus não perdeu a oportunidade para ensinar. Ele tomou uma toalha e  água e foi, de discípulo em discípulo, lavando seus pés. Isto era, por costume, serviço dos servos mais humildes, mas aqui o Criador do universo estava se humilhando diante de simples galileus. Quando terminou, ele voltou-se para os apóstolos e perguntou? "Compreendeis o que vos fiz? Vós me chamais o Mestre e o Senhor e dizeis bem; porque eu o sou. Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu senhor, nem o enviado, maior do que aquele que o enviou. Ora, se sabeis estas cousas, bem-aventurados sois se as praticardes" (João 13:12-17).
Não é de se admirar que outros homens inspirados falassem da importância da humildade. Tiago disse: "Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós... Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará" (Tiago 4:6-10).
Como a arrogância impede a salvação
Podemos tirar algumas conclusões claras e importantes do ensinamento da Bíblia, mostrando o porquê a falta de humildade impede a salvação. Considere como o orgulho é absolutamente oposto às qualidades e comportamentos que Deus quer que demonstremos.
  • Sem humildade, não serviremos outros como deveríamos, porque aqueles que são arrogantes e egoístas querem ser servidos, e não servir.
  • Sem humildade, não seremos seguidores. Os orgulhosos querem ser chefes e cobiçam a posição e a influência de outros. Este foi o problema que Arão e Miriã tiveram em Números 12, e o mesmo pecado que custou as vidas de quase 15.000 pessoas, em Números 16.
  • Sem humildade não buscaremos realmente a verdade. O homem orgulhoso pensa que já conhece as respostas, e não quer depender de quem quer que seja, nem mesmo do próprio Deus. A arrogância também impede nosso entendimento da verdade. Se não queremos admitir a necessidade de mudança, ou não queremos aceitar o fato que alguma outra pessoa sabe mais do que nós, nosso orgulho será um bloqueio fatal para o estudo eficaz da Bíblia.
  • Sem humildade, não reconheceremos nossos próprios defeitos. Somos até capazes de enganar nossos próprios corações para não vermos nosso próprio pecado. Saul fez isto quando defendeu sua desobediência na batalha contra os amalequitas. Ele argumentou que tinha obedecido o Senhor e que o povo tinha errado (1 Samuel 15:20-21). Deus não aceitou esta desculpa esfarrapada, e não aceita a nossa.
  • Um outro problema relacionado com a arrogância é a dificuldade em aceitar a correção. Provérbios 15:31-33 mostra a conseqüência de tal orgulho: "Os ouvidos que atendem à repreensão salutar no meio dos sábios têm a sua morada. O que rejeita a disciplina menospreza a sua alma, porém o que atende à repreensão adquire entendimento. O temor do Senhor é a instrução da sabedoria, e a humildade precede a honra." Provérbios 12:1 é mais direto: "Quem ama a disciplina ama o conhecimento, mas o que aborrece a repreensão é estúpido."
  • O outro lado deste problema é que a pessoa arrogante também não perdoa o erro dos outros. O orgulho é inerentemente egoísta, e nos torna facilmente ofendidos e lentos a perdoar. Isto cria uma tremenda barreira para a salvação. Jesus ensinou claramente que a pessoa que não perdoa não será perdoada por Deus (Mateus 6:12,14-15).
A última linha é muito clara. Se não aprendemos como ser humildes, não entraremos no céu. Deus rejeita os orgulhosos e exalta os humildes (Tiago 4:6,10).
Como desenvolver a humildade
Uma vez que a humildade é obviamente essencial à nossa salvação, deveremos estar preocupados em acrescentar esta qualidade a nossas vidas. Aqui estão umas poucas sugestões simples que nos ajudarão:
ŒDevemos procurar o melhor nos outros, e buscar servir os outros como Jesus fez (Romanos 12:10; Efésios 4:2-3; Filipenses 2:3-4).
Não devemos pensar que somos importantes (Lucas 17:10). Cada um deve usar sua capacidade, porém não devemos pensar que somos melhores do que outros (Romanos 12:3-8).
Ž  Não devemos esperar que outros nos humilhem. A chave da obediência é nossa humildade voluntária (Tiago 4:10), não a humilhação forçada.
Sempre que estivermos tentados a pensar que somos grandes e importantes, devemos parar para contemplar a grandeza e a majestade de Deus. Comparados com o Criador e Sustentador do Universo, somos débeis e insignificantes. O Salmo 8, especialmente nos versículos 3, 4 e 10, nos faz descer ao nosso tamanho rapidamente!
"Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará" (Tiago 4:10).

(- por Dennis Allan)Que Deus Abençoe a Todos Pastor Antonio Marques.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...